Este site usa cookies para reconhecer visitas repetidas e preferências, para fornecer recursos de mídia social e para analisar o tráfego. Ao clicar em “Aceito” ou ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies e com nossos Termos de Uso.
Por que Jesus disse: “Vai e não peques mais” se isso fosse impossível?

Por que Jesus disse: “Vai e não peques mais” se isso fosse impossível?

Jesus realmente quis dizer o que disse?

6 minutos ·

Em João 8:11, Jesus ordena para uma mulher adúltera “Vá e não peques mais.” Por que ele diria isso se fosse impossível parar de pecar?

Muitas explicações diferentes foram sugeridas, em diferentes graus do ridículo. Algumas pessoas dizem que Jesus quis dizer da mesma maneira que um pai ou mãe pedirá que seu filho pare de roer as unhas – esperando que ele pare, mas, realisticamente, não esperando que ele possa simplesmente parar de roer. Outras pessoas são da opinião de que Jesus estava sendo sarcástico e disse à mulher que não fosse mais pecar, porque queria mostrar para um monte de fariseus. Parece que todo mundo tem uma explicação para esse versículo, cada um mais elaborado e rebuscado que o anterior. Quase ninguém se atreveu a olhar para o versículo desta maneira: E se Jesus quis dizer o que disse?

O que significa “não pecar mais”?

E se "vá e não peques mais" é na verdade um mandamento para sair e parar de viver em pecado? Isso é impossível? O que Jesus quis dizer? Afinal, João escreve que somos mentirosos se dissermos que não temos pecado. (1 João 1: 8)

Os versículos de Tiago 1: 14-15 dão uma boa descrição desse pecado que todos nós temos. “Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência. Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.”

O pecado habita dentro de todos nós. São os nossos próprios desejos que nos atraem e nos tentam, afinal. É também isso que João quer dizer quando escreve que temos pecado. Mas ter pecado em nosso corpo não significa que devemos ceder a essas tentações. Somente quando o desejo é concebido é que cometemos pecado. Em outras palavras, é somente quando eu concordo com os pensamentos e tentações que surgem que eu pequei.

Então, quando Jesus diz: "Vá e não peques mais", ele não espera que essa mulher deixe sua carne pecaminosa à porta e nunca mais seja tentada. Ele está dizendo para ela dizer não ao pecado que nela habita e impedir que o desejo seja concebido; parar de deixar a tentação se tornar pecado.

E este não é o mesmo comando que ele dá ao resto de nós?

O poder da cruz

O próprio Jesus não diz: “Se alguém deseja ir atrás de mim, negue a si mesmo, tome sua cruz diariamente e siga-me?” Lucas 9:23. O que mais ele quis dizer com relação a que deveríamos negar os pensamentos e desejos que nos tentam e seduzem? Que devemos pegar nossa cruz e matar esses pensamentos antes que eles se tornem pecados? Dessa maneira, seguimos o exemplo de Jesus de sermos tentados como somos, mas sem pecado. (Hebreus 4:15)

Tomando a sua cruz –essa é a chave. Se fizermos isso – se nunca deixarmos que esses desejos se tornem pecados -, estaremos seguindo Jesus, assim como ele ordenou. Então, estamos cumprindo o mandamento de "ir e não pecar mais".

“Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.” Romanos 8:13.

“Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, o afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;.” Colossenses 3:5.

“E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências..” Gálatas 5:24.

É claro que, para sermos de Cristo, precisamos fazer exatamente isso. “Se me amais, guardai os meus mandamentos.” João 14:15.

Então é possível ir e não pecar mais?

Quando você tenta viver esta vida de vencer o pecado, rapidamente descobrirá que é mais fácil falar do que fazer. Apesar de nossas boas intenções, caímos e caímos e caímos novamente.

“Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.” Gálatas 5:16. A chave é de andar em Espírito. E andar no Espírito significa ser obediente ao Espírito. Se fizermos isso, está escrito claramente o que acontecerá. Não cumpriremos a concupiscência da carne. E se não cumprirmos a concupiscência da carne – a tentação de pecar – então não pecamos!

É fácil encontrar uma infinidade de razões pelas quais é impossível “não pecar mais”. Você pode pensar que Jesus estava falando especificamente à mulher em questão e especificamente sobre adultério. Você pode dizer que ele disse isso apenas para ensinar uma lição aos fariseus e nem quis dizer o que ele disse. Você pode dizer que ele quis dizer que era uma exortação tentar o máximo possível até cairmos inevitavelmente.

Mas o fato é que Jesus não disse nada disso.

O que ele disse foi: “Vai e não peques mais.” E eu estou convencido de que Jesus quis dizer o que ele disse. Imagine por um segundo que Jesus sabia exatamente como as coisas iriam acontecer. Imagine que ele sabia que suas palavras seriam registradas, compartilhadas e pregadas entre os crentes por 2000 anos após o fato.

Imagine que ele escolheu dizer: "Vá e não peques mais", porque sua intenção era que pudéssemos ir e não pecar mais. Nem uma vez. Nem uma única vez. E ele não quis dizer apenas para essa mulher, exatamente nesta situação, mas para todos nós. Todos os seus crentes.

A Bíblia não deve ser separada, examinada, explicada e interpretada. É para ser lido e obedecido. O que diz isso? Na verdade, é isso que significa. A Bíblia é a Palavra de Deus, escrita por homens tementes a Deus inspirados por Deus. Não há nada lá que não deveria estar lá. Deus sabia o que estava fazendo. Eu confio nele.

E você?

Você pode estar interessado em ler mais em nossa página de tópico vitória sobre o pecado, ou nos artigos selecionados abaixo:

https://cristianismoativo.org/14-versos-que-provam-que-deus-quer-que-tenhamos-vitoria-sobre-o-pecado

https://cristianismoativo.org/se-realmente-cres-em-deus-porque-continuas-pecando

Escritura retirada da New King James Version®, a menos que especificado de outra forma. Copyright © 1982 por Thomas Nelson. Usado com permissão. Todos os direitos reservados.