Ir para o conteúdo

Esta é a única maneira de desenvolver o fruto do Espírito

Dica: A resposta está na palavra "Espírito ..."
How to develop the fruit of the Spirit: The only way

“Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.” Gálatas 5:22-23.

Não com a nossa própria força

Muitos cristãos, ao se converterem e lerem sobre o fruto do Espírito para o qual são chamados, tentam polir suas vidas para que surja mais do fruto listado acima. Eles trabalham e se esforçam em suas próprias forças para desenvolver o fruto do Espírito, mas isso não os leva muito longe. Talvez eles consigam um pouco mais de amor, um pouco mais de bondade, um pouco mais de paciência, mas chega a um ponto em que ficam aquém do esperado, ou onde simplesmente “não aguentam mais”.

O fruto do Espírito é o fruto da obra de Deus em nossas vidas quando somos obedientes ao Espírito Santo, não o fruto de nossa própria força, e produz “todo o gozo e paz” (Romanos 15:13), “toda a humildade e mansidão, com longanimidade.” (Efésios 4:2) “(Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade);.” Efésios 5:9. “… Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo; …” Colossenses 1:11. Tal abundância de frutos só pode ocorrer quando somos fortalecidos com todo o poder pelo poder do Espírito Santo, e, portanto, é referido como o fruto do Espírito.

Leitura adicional: Qual é o fruto do espírito?

Como desenvolver o fruto do Espírito

Nós temos que ser nascidos de novo, nascidos do Espírito, se quisermos ver o reino de Deus, esse reino que consiste de poder, justiça, paz e alegria no Espírito Santo. Tudo o que podemos realizar em nossa própria força e determinação será insuficiente em comparação. Alguém que é nascido do Espírito tem o poder do Espírito em ação neles para mudar como eles são. Eles não precisam mais viver de acordo com sua natureza humana – sua impaciência, seu orgulho, sua falta de bondade e gentileza, etc. – mas têm poder do céu disponível para ajudá-los a viver uma vida agradável a Deus..

O fruto do Espírito é contrastado com as obras da carne. “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.”
Gálatas 5:19-21.

O fruto do Espírito, em oposição às obras da carne mencionadas acima, é manifestado naqueles que andam de acordo com o Espírito.: “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.” Gálatas 5:16. “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” Gálatas 5:24-25. “Andar no Espírito” pode soar um pouco místico. Como andamos no Espírito para que as obras da carne não mais apareçam em nossa vida, mas sim o fruto do Espírito?

Leitura adicional: Por que eu preciso do Espírito Santo?

Como andamos no Espírito?

Jesus disse em João 6:63, “as palavras que eu vos digo são espírito e vida.” andar em espírito é de andar em obediência ás palavras de Jesus que Ele mesmo diz ser “espírito” pelo poder do Espírito Santo. Mas então não podemos continuar a viver de tal maneira que cumpramos a concupiscência da carne com suas paixões e desejos. Tal vida é possível para todo cristão pelo poder do Espírito Santo!

Está escrito em Romanos 8:13, “Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.” Nós entendemos deste versículo que é pelo Espírito que nós matamos as ações do corpo, e não pela nossa própria força. Também lemos que não podemos continuar a viver de acordo com a carne ou morreremos. Tal entendimento produz um temor á Deus em nós, de modo que nos dirigimos ousadamente ao trono da graça para receber misericórdia e graça, para nos ajudar no tempo de necessidade – o tempo da tentação.

Além disso, lemos que somos nós que devemos matar os atos do corpo, pelo Espírito. Não é uma obra que Deus ordenou que acontecesse em nossas vidas independentemente de nossa vontade e obediência. É um trabalho que devemos conscientemente escolher e nos entregar. Então, o fruto do Espírito surgirá em nossas vidas e experimentaremos uma abundância cada vez maior de vida – a vida do Espírito.

Interessado em ler sobre a definição e explicação de cada fruto do Espírito? Clique nos “frutos” individuais abaixo ou vá direto para nosso arquivo sobre os frutos do espírito.

“Mas o fruto do Espírito é amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, , mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.” Gálatas 5:22-23.

Ensinamentos-chave

Descubra como a Palavra de Deus nos desafia e motiva a viver 100% de acordo com a Sua vontade, assim que não precisamos mais cair em pecado, mas que podemos chegar a uma vida de vitória.

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.

Siga-nos