Ir para o conteúdo

Uma coisa a saber se você realmente quer seguir Jesus

Esta é uma chave para aprender tudo com o Mestre.
Being poor in spirit: What poverty of spirit will teach you

“Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao Senhor e aparta-te do mal.” Provérbios 3:5-7.

Os pensamentos e planos de Deus para mim sempre levam a um futuro e a uma esperança. Ele tem pensamentos de vida e paz para aqueles que são pobres em espírito; aqueles que estão dispostos a ser ensinados por ele.

Pobreza de espírito

Pobreza de espírito não deve ser confundida com ser tímido ou envergonhado. Significa que desejo ser como Jesus, o Mestre, mas vejo como sou incapaz de fazer isso sozinho. Eu tenho uma carne, em que não vale nada, então eu não sei como “fazer o que é bom”, como diz Paulo, embora seja isso que eu realmente quero com todo meu coração. (Romanos 7:18)

Essa pobreza de espírito fará com que eu me volte para Deus e descubra sua vontade em cada decisão que eu fizer, antes de abrir minha boca, antes de fazer um julgamento. Isso me faz ensinável e pronto e disposto a receber instruções de Deus através do Seu Espírito Santo. Um copo vazio pode ser preenchido. Então eu recebo o poder de agir e ter graça sobre a minha vida. Tudo funciona em conjunto para o meu bem, porque eu amo a Deus.

O comportamento comum é apoiar-me no meu próprio entendimento; ser forte em mim mesmo. Eu reajo e ajo impulsivamente, e baseio minhas decisões em experiências passadas. Sou guiado por meus sentimentos e pensamentos e julgo de acordo com o que vejo ou ouço. Eu faço a minha vontade em vez da vontade de Deus, e não há graça sobre nada disso. Isso só pode levar a mais problemas. Isso é o oposto de ser pobre em espírito.

Aprendendo obediência

Se quisermos aprender a ser pobres de espírito, precisamos seguir o exemplo de nosso precursor, Jesus.

Ele viveu para fazer a vontade de Deus, na pobreza de espírito todos os dias da Sua vida. Quando Ele veio à terra como homem, Ele teve que aprender tudo com o Pai. (João 5:30; João 12:49; Filipenses 2: 5-8) Ele também teve que aprender obediência nas coisas que sofreu. (Hebreus 5: 8) Foi por causa desse treinamento que Ele pôde ensinar Seus discípulos com as palavras: “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;.” Mateus 5:3.

Como seu discípulo, eu também tenho que estar nessa pobreza de espírito, entendendo completamente que não sei nada como deveria conhecê-lo, e tenho que aprender tudo com o Mestre. Eu também tenho que aprender obediência através das coisas que sofro. (1 Pedro 4: 1)

É difícil ficar quieto – seja externamente ou internamente – quando estou sofrendo, quando estou tentado e em situações difíceis. A tendência natural é culpar os outros, julgar as pessoas envolvidas, justificar-me, fazer exigências e falar aos outros sobre o que estou passando. Esta é uma tentativa de ganhar algum conforto humano e escapar dos sofrimentos. O verdadeiro problema é que eu tenho uma carne em que não há nada de bom, e Deus está me pedindo para sacrificar as reações que surgem em resposta à situação em que estou. (Romanos 7:18; Romanos 8: 12-13 Colossenses 3: 5)

Quando estou disposto a reconhecer a verdade sobre mim mesmo – que a raiz do problema está em minha própria carne – então posso ir corajosamente ao trono da graça para pedir ajuda para vencer. (Hebreus 4: 15-16) Deus ouve as orações dos pobres em espírito.

Se você encontrou este artigo sobre a pobreza do espírito inspirador, você também pode estar interessado em ler nosso arquivo sobre a vida de discípulo, ou nos artigos selecionados abaixo:

Ser pobre de espírito

20 exemplos do que significa ser pobre de espírito

Ensinamentos-chave

Descubra como a Palavra de Deus nos desafia e motiva a viver 100% de acordo com a Sua vontade, assim que não precisamos mais cair em pecado, mas que podemos chegar a uma vida de vitória.

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.

Siga-nos