Toma posse da vida eterna!

O que fazemos nas pequenas e grandes provações em nossa vida?

Escrito por Sigurd Bratlie
Toma posse da vida eterna!

O que fazemos nas pequenas e grandes provações em nossa vida? Nós nos apegamos à vida eterna, como Paulo nos exorta a fazer?

Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas e persegue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão.” 1 Timóteo 6:11. As virtudes são a plenitude de Deus. Podemos ser “cheios de toda a plenitude de Deus” aprendendo a conhecer a profundidade do amor de Cristo. “Deus é amor”. 1 João 4: 8.

“E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude… Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis. Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.” 2 Pedro 1:5,10-11.

“Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas.” 1 Timóteo 6:12.

Do acima exposto, podemos ver que as virtudes de Cristo são a vida eterna. As virtudes são o oposto da nossa natureza. Combater o bom combate significa que você se nega tomando a sua cruz diariamente e seguindo a Jesus. (Lucas 9:23) Então a morte de Jesus também operará em nosso corpo “para que também a vida de Jesus se manifeste em nosso corpo”. 2 Coríntios 4: 10-11.

É necessário que nós lutemos com essa boa luta “diariamente”. Todos os dias nós encontramos provas menores ou maiores em nossa vida que revelam nosso conteúdo. Ou a vida própria, o eu, ou a vida de Cristo, as virtudes, serão manifestadas. Tais situações podem ser muito breves. Então, é apropriado dizer: “Toma posse da vida eterna!” A oportunidade passará por nós se não estivermos interessados em crescer nas virtudes de Cristo e participar mais da vida celestial.

Em outras ocasiões, os testes podem durar mais tempo – até mesmo por anos. Então estamos em uma “fornalha ardente”, uma limpeza constante, se entendermos os sofrimentos de Cristo. (1 Pedro 4: 12-13) Então, experimentamos o que Paulo orou: “Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo;” Colossenses 1: 11-12. O Pai nos qualifica para sermos participantes da herança dos santos na luz.

Durante este processo, esta exortação se aplica: “Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;…” 1 Pedro 5: 6-7. “porque não sabemos o que havemos de pedir como convém“, mas sabemos que “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.“. podemos ser “conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.”. Romanos 8:26, 28-29.

Você pode imaginar algo maior que você pode alcançar aqui nesta vida? Se você mantiver isso em mente, suas aflições serão leves, mas por um momento, e trabalharão para você “um peso eterno de glória mui excelente;”. 2 Coríntios 4: 17-18.

 

Este artigo foi publicado pela primeira vez no periódico “Tesouros Escondidos”, do BCC, em outubro de 1984.
© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag | AtivoCristianismo

1 Timóteo 6:12 está se tornando realidade em sua vida: você se apega à vida eterna?
Você também pode gostar de ler mais artigos sobre este assunto em nosso arquivo de tema sobre desenvolvimento na vida de Cristo, ou nos artigos selecionados abaixo:

Baixar e-book grátis

Uma tão grande salvação

Escrito por Sigurd Bratlie

O apóstolo que escreveu o livro aos Hebreus o chama de “uma palavra de exortação”. O objetivo deste livreto é amplificar e expandir sobre esta exortação, trazendo fé e salvação a todos aqueles que têm um chamado celestial. Todos aqueles que seguem à exortação do livro aos Hebreus podem alcançar esta grande salvação.