Ir para o conteúdo

Seja você mesmo!

Às vezes, eu desejava que pudesse simplesmente estalar os meus dedos e, de repente, não me importasse com o que as pessoas pensavam sobre mim

Quando eu estava no ensino fundamental e no ensino médio, as pessoas sempre me deram o conselho, “seja você mesmo. Você não precisa se preocupar com o que as pessoas pensam de você; seja você mesmo e tudo ficará bem. ”

Isso soava tão bem, e às vezes eu desejava que eu pudesse simplesmente mexer meus dedos e, de repente, não me importasse mais com o que todos os meus colegas e outras pessoas importantes na minha vida pensavam em mim, para não mencionar e ser tão facilmente influenciada por elas. Mas, é claro, não aconteceu assim.

Você não pode servir a dois senhores

A verdade é que eu preciso tomar uma decisão firme sobre quem eu quero servir. E não posso realmente servir tanto Deus como as pessoas! “Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom. “Lucas 16:13.

Então, talvez eu esteja com alguns amigos e a conversa se volte para falar mal dos outros ou coisas ruins… Eu sei o que Deus quer que eu escolha: apenas dizer palavras encorajadoras sobre os outros e agradecer por tudo. Eu vou optar por servi-lo ou simplesmente “ir junto com a multidão”, porque “não é nada de tão importante?” É claro, em situações como essas, que o versículo é verdadeiro: você não pode servir a Deus e às pessoas, não é possível.

Às vezes, essas decisões para se libertar de servir as pessoas podem ser muito difíceis. Isto é especialmente verdadeiro quando envolve pessoas que foram muito próximas de mim, talvez até parentes que eu amo muito. Jesus realmente disse em conexão com isso: “Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; E assim os inimigos do homem serão os seus familiares. Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. “Mateus 10: 34-37.

Nenhuma tolerância para o pecado

Jesus teve uma vingança e um ódio contra o pecado. Então, quando Ele disse: “Eu vim trazer uma espada“, Ele quis dizer que Ele não tinha tolerância para com o pecado em Sua vida – mesmo que as influências viessem de seus parentes e amigos mais próximos.

Quando penso sobre o que isso significa para mim, é claro que, se eu quiser agradar e servir a Deus, também preciso dessa “tolerância zero para a política do pecado” na minha vida. Não posso optar por participar de conversas que impliquem mal-estar, negatividade, impureza ou fofoca, ou concordar com o pecado apenas porque meus amigos mais próximos estão me dizendo que está tudo bem e não há nada de errado com isso. Em vez disso, as pessoas precisam sentir que há uma “espada” contra todo pecado na minha própria vida. Eu não concordo com isso, e eu me recuso a ceder a ele! Pode doer profundamente quando devo sacrificar relações terrenas para me manter puro. Mas eu preciso tomar uma decisão firme sobre quem eu vou servir, porque não existe “ou – ou”.

Nenhuma solução mágica

Claro, quando tenho um amor profundo e cuido de amigos íntimos e parentes que escolheram outros caminhos, eu realmente quero ver isso bem com eles. Então eu posso tomar o conselho de Paulo para Timóteo e “Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem. “1 Timóteo 4:16. Também posso mostrar-lhes bondade e amor, e oro para que Deus fale com eles e ajude-os a escolher servir-lhe.

Agora que eu olhei para trás, gostaria de ter entendido que o velho conselho: “Apenas seja você mesmo”, é sinônimo de “não seja tão facilmente influenciado pelas pessoas”. Não, você não pode magicamente estalar seus dedos e não se preocupar com o que os outros pensam, mas você pode tomar uma decisão firme de servir a Deus sozinho e apenas ser agradável a ele. E uma vez que você faz, todo o poder e a ajuda estão disponíveis para você continuar a escolher sempre o bem. Então, se você está em um momento de decisão em sua vida, ore para que Deus o fortaleça para ser firme e decidido, para escolher apenas o bem e para viver uma vida consciente para Ele sozinho. Deus prometeu que irá bem, e quando acreditamos nisso, entendemos que, embora as coisas não sejam magicamente diferentes, teremos toda força e poder para “lutar a boa luta da fé” (1 Timóteo 4: 7), e ser “mais do que vencedores por aquele que nos amou” (Romanos 8:37).

Ensinamentos-chave

Descubra como a Palavra de Deus nos desafia e motiva a viver 100% de acordo com a Sua vontade, assim que não precisamos mais cair em pecado, mas que podemos chegar a uma vida de vitória.

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.

Siga-nos