Raabe: Uma história bíblica de fé e ação

Uma mensagem edificante para quem sente que não é bom o suficiente.

Escrito por Nellie Owens
Raabe: Uma história bíblica de fé e ação

Nem sempre é fácil acreditar que Deus tem um plano e esperança para nós. Muitos pensamentos podem encher nossa mente, desencorajando-nos a viver a vida elevada para a qual Deus nos chamou.

Talvez você tenha dito ou feito coisas que sabe estarem erradas. Com um passado feio batendo à sua porta, você sente que nunca poderia ser aceito por Deus.

Talvez você veja a grande diferença entre sua vida e as Escrituras. Assim como é fácil ter vergonha de ações passadas, você sabe que é fácil sentir vergonha da sua falta de piedade. Você deseja ter uma vida de pureza e bondade, mas está muito longe.

Não desista! Não importa o quão sombrias as coisas possam parecer, você tem um futuro e uma esperança – assim como Raabe, de Jericó.

Aparentemente sem esperança

Raabe era uma mulher cananeia, cidadã de uma nação conhecida por adorar ídolos. De acordo com a lei, Raabe não tinha parte nas promessas de Israel: ela era uma prostituta, algo que era uma abominação para o Senhor. (Deuteronômio 23:17.)

Por causa da justiça de Abraão, Deus prometeu a terra em que Raabe vivia à nação de Israel. (Gênesis 17: 8.) Quando Raabe e seu povo receberam a notícia de que o povo de Israel estava chegando para conquistar Jericó, uma cidade importante em Canaã, eles temiam por suas vidas, sabendo que o mesmo Deus que libertou seu povo do Egito daria Israel a vitória em Jericó.

“Ouvindo isso, desmaiou o nosso coração, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o Senhor, vosso Deus, é Deus em cima nos céus e embaixo na terra.” Josué 2:9-11.

Mesmo antes de Raabe conhecer os israelitas e seu poderoso exército, ela acreditava no Deus de Israel. Ela ouviu falar de seu poder e de como ele salvou e protegeu Israel, e isso colocou em seu coração a fé de que ele era verdadeiramente o Senhor.

Mas, externamente, as coisas não pareciam esperançosas para Raabe. Que motivo ela tinha para ter esperança ou acreditar que poderia ser poupada? Por que esse Deus, a quem ela não conhecia antes, teria algum motivo para favorecê-la ou ter piedade de sua família, acima dos outros em Jericó?

Pela fé

Apesar da aparente desesperança da situação, Raabe não se desesperou. Quando dois espias israelitas chegaram à sua casa, Raabe os escondeu do rei. Ela então pediu ousadamente aos espiões que garantissem que ela e sua família fossem salvas quando Israel invadisse. Os homens disseram a Raabe que se ela pendurasse a mesma corda escarlate na janela pela qual eles escapariam, então ela e todos em sua casa seriam poupados. Com total fé, Raabe amarrou o cordão à janela e disse: “De acordo com suas palavras, que assim seja.” (Leia a história completa em Josué 2.)

Que atitude! Embora as coisas parecessem bastante sombrias e impossíveis, Raabe se apegou à esperança e à fé de que ela e sua família pudessem ser salvas.

Em Hebreus 11, o apóstolo escreve sobre o poder da fé. Ele começa o capítulo escrevendo: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem. Porque, por ela, os antigos alcançaram testemunho.” Hebreus 11:1-2. O capítulo continua com muitos exemplos de pessoas que tomaram decisões de fé, e Raabe está incluída nesta lista: “Pela fé, Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias.” Hebreus 11:31.

Não importava para Deus o que Raabe tinha – ou não havia feito – no passado. Não era relevante em que família ela nasceu ou onde morava. Importava que ela acreditasse em Deus e acreditasse que ele poderia salvá-la.

Sendo uma gentia – alguém que não é judeu – Raabe nunca recebeu as promessas de Israel. No entanto, ela acreditava, sem reservas, que Deus poderia fazer por ela o que ele havia feito por Israel, e essa fé a levou a agir para fazer as promessas de Deus e era esse ato de fé que a justificava. (Tiago 2:25.)

Nossa esperança

Na sociedade de hoje, pode não ser uma preocupação comum que nossa cidade fique sitiada – ou que enfrentemos a morte da mesma forma que Raabe. Mas a palavra de Deus nos diz que “… o salário do pecado é a morte“. Romanos 6:23. Todos nós pecamos, mas se crermos, Deus também tem um plano para nos salvar dessa destruição e nos torna herdeiros de suas promessas!

“Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às concupiscências mundanas, vivamos neste presente século sóbria, justa e piamente, aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo, o qual se deu a si mesmo por nós, para nos remir de toda iniquidade e purificar para si um povo seu especial, zeloso de boas obras.” Tito 2:11-14.

“E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro.” 1 João 3:1-3.

Isso significa que, assim como Raabe, nossa fé nos levará a agir – a renunciar a impiedade e as concupiscências mundanas às quais somos tentados! É por isso que Paulo escreve sobre a obediência à fé. (Romanos 1: 5.)

Raabe recebeu parte na herança

Como resultado da fé de Raabe, ela e sua família foram poupadas e enxertadas na nação de Israel. (Josué 6: 22-25.) Raabe, ela mesma, tornou-se parte da genealogia de Jesus. (Mateus 1: 5.)

O exemplo de Raabe permanece como um testemunho para nós hoje, ensinando-nos que não importa como as coisas foram no passado – ou como as coisas possam aparecer sombrias no presente – a fé em Deus e a obediência à sua palavra nos salvarão da destruição do pecado e da morte. nos dê um futuro e uma esperança no reino de Deus.

Vamos fazer uso das possibilidades que estão abertas para nós em Cristo Jesus, e lutar com o mesmo espírito de fé, para que também possamos entrar na herança que Deus prometeu a todos que depositaram sua esperança nele!

Você pode estar interessado em ler sobre mais heróis da fé aqui, ou nos artigos selecionados abaixo:

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Escrito por Elias Aslaksen

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.