Quando seus pés tocam o chão de manhã …

Só há uma maneira de nos prepararmos para o desconhecido que enfrentaremos todos os dias.

Escrito por Maggie Pope
Quando seus pés tocam o chão de manhã …

Na prática, é bom ter uma rotina. Sabemos quando temos que levantar, tomar café da manhã e sair de casa de manhã. Ou, se trabalhamos em casa, ter uma estrutura para nossos dias significa que não perdemos tempo e podemos garantir que as coisas importantes sejam feitas.

Espiritualmente falando – nunca devemos viver assim.

Alguns anos atrás, me deparei com esta citação:

Seja o tipo de mulher que, quando seus pés tocam o chão de manhã, o diabo diz;

“Oh merda, ela acordou!”

Quando acordamos, temos um dia cheio de oportunidades e não sabemos o que está por vir. Sabemos a que horas precisamos sair para evitar o trânsito, em quais reuniões temos que participar, quais relatórios temos e em que telefonemas podemos ter que fazer. Sabemos que as crianças precisam ser levantadas, vestidas e alimentadas antes da escola, que a limpeza precisa ser feita e a comida cozida – e um milhão de outras coisas. Mas não sabemos o que mais acontecerá em nosso caminho ou como reagiremos a isso.

E só há uma maneira de estar preparado para o desconhecido …

Um ajudante

Se somos discípulos, temos acesso ao Espírito Santo. Não precisamos de um título ou um ministério para isso, e não precisamos ir aos líderes da igreja para orientação ou aprovação em nossa vida cotidiana. Temos a palavra de Deus e podemos orar, e se usarmos essas duas coisas, desenvolveremos nosso ouvido interno ao que o Espírito está nos dizendo pessoalmente. É assim que aprendemos a sabedoria. E é isso que pode tornar cada dia uma aventura.

Além do que escrevemos em nossa lista de tarefas, além dos compromissos ou tarefas que temos de concluir naquele dia – enquanto nossos pés tocam o chão do quarto pela primeira vez a cada dia que estamos falando; “Querido Deus, ajude-me a ouvir o que o Espírito está me dizendo hoje. Dá-me sabedoria para que eu possa me julgar e defender sua verdade e o que é certo … ”

E então algo maravilhoso acontece. Bem, duas coisas, realmente. A primeira coisa é que mantemos um forte relacionamento com o cabeça, que nos guiará pelas complexidades de nossas vidas. De alguma forma, nossa vida ganhará valor sem que tentemos conscientemente; isso acontece sendo obedientes ao Espírito e permitindo-nos ser treinados e castigados. E chegamos à conclusão de que só porque não temos toda a nossa vida planejada, isso não deve nos impedir.

A segunda coisa é que nos tornamos parte de um corpo vivo e poderoso, onde cada membro traz vida e espírito à comunhão. Membros que não são atrofiados, mas que aprenderam a crescer de forma independente e que são exemplos de pessoas que desejam a mesma vida. Como diz em Provérbios 14:30 – um coração sadio traz vida ao corpo.

Deixando-me ser guiada

Quando meus pés tocam o chão todas as manhãs, eu me preparo. Penso em como o Espírito me guiará e estou aberto e pronto para os negócios. Quando vivo assim, posso vencer as decepções e desânimos que a vida traz, porque meu objetivo principal é outra coisa. Não é dominado pelo fato de eu conseguir a casa que quero, o emprego para o qual me inscrevi, ser incluída em tudo ou se meus filhos são bem-sucedidos na escola. Meu objetivo é encontrar minha vida e perdê-la, que eu possa me humilhar sob as mãos de Deus e ter a mesma atitude que Jesus teve com a vida – no entanto, não como eu quero, mas como você.

O resultado final disso é emocionante, não apenas para nós, mas também para as pessoas com quem temos comunhão. Não somos conhecidos por serem previsíveis – continuamos a apresentar surpresas refrescantes …

“O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.” João 3:8.

 

Você pode estar interessado em ler mais comentários da vida cotidiana de Maggie Pope:

Baixar e-book grátis

O evangelho de Deus

Escrito por Sigurd Bratlie

Graça significa que todo o nosso pecado é perdoado quando o confessamos. Mas ela também significa que nós recebemos poder para obedecer à verdade que Jesus trouxe. Neste livro, Sigurd Bratlie fala sobre isso, mostrando o verdadeiro evangelho de Deus, que é a obediência da fé.