Ir para o conteúdo

Por que isso está acontecendo comigo?

Alguma vez você já pensou nisso quando te encontras em situações difíceis?

Você já pensou, quando diferentes situações vêm o seu caminho que causam algum sofrimento, “por que isso está acontecendo?” Você pode se tornar perturbado e ansioso, tornar-se abatido ou sentir pena de si mesmo. Você já considerou que é realmente porque Deus tem tanto cuidado e amor por você, que essas situações foram enviadas por Ele, para tentar você, para que você possa ver seu pecado e ser transformado?

Provas são uma oportunidade!

É preciso muito trabalho da parte de Deus para que nos vejamos a nós mesmos. Por natureza, estamos cheios de orgulho, autoconfiança, arrogância, superficialidade e egoísmo. A intenção de Deus é que nos tornemos mansos e humildes de coração como Jesus foi. Nós nem sempre percebemos o efeito que nossa natureza pecaminosa tem nas pessoas que nos rodeiam quando dizemos ou fazemos coisas. Que graça tremenda é que Deus nos conduz a situações em que recebemos luz sobre isso!

Muitas vezes, Deus envia situações ou pessoas como instrumentos dessas provações. Por isso, não reconhecemos as provações como sendo de Deus. O perigo é que nós permitimos que nossos sentimentos assumam o controle. Nós podemos nos sentir maltratados, incompreendidos, maltratados ou negligenciados e desanimados ou até amargos, culpando as pessoas ou as nossas situações por nossos “problemas”. (Hebreus 12:15) Nossa alma pode se tornar muito ativa, estimulada por Satanás, que não quer nada mais do que cegar a graça de Deus sobre nós.

Nos Apócrifos está escrito: “Não se exalte através do conselho da sua alma … Você será deixado como uma árvore murchada“. Sirach 6: 2. A intenção de Deus para nós é que nos tornemos uma árvore frutífera, mostrando as virtudes de Cristo. Precisamos aprender a reconhecer as provações como uma oportunidade para superar nossa carne pecaminosa e ser conformes com a imagem de Cristo! Essa é a intenção de Deus quando Ele nos tenta, não importa o instrumento que ele usa ao fazê-lo. Não permita que sua alma aconselha você com pensamentos e raciocínios humanos, para que você perca essas oportunidades. Em vez disso, preste atenção ao Espírito, que o levará à verdade

.

Encontre seu conforto em Deus

Nas provações, é muito natural falar com os outros sobre elas, justificando-se e procurando o conforto humano. Em vez disso, tome Davi como um exemplo. Nos salmos 38 e 39, está escrito que os amigos e parentes de Davi se voltaram contra ele e buscaram sua vida. Eles estavam esperando que ele escorregasse para que pudessem pegá-lo. Davi disse, em tudo isso, ele era como um surdo que não ouvia, e um mudo que não falava; e ele não respondeu. “Porque foi Você quem fez isso”, disse ele. (Salmo 39: 9) Ele viu que era um tempo de teste de Deus, e ele encontrou seu conforto e esperança em Deus.

“…assim também operai a vossa salvação com temor e tremor; Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade. Fazei todas as coisas sem murmurações nem contenda.” Filipenses 2:12-14.

Quão vital é esta exortação de Paulo! É essencial que possamos iluminar o que é da nossa natureza para que possamos ser limpos. Precisamos de ajuda para nos ver. Davi orou no Salmo 13: 3: “Considera-me e ouve-me, ó Senhor, meu Deus; Ilumine meus olhos, para que eu não durma o sono da morte. “O que é esse sono? É que somos auto-satisfeitos, superficiais e não temos necessidades sobre nós mesmos. Deus nos envia luz, a verdade sobre nós mesmos, e se amamos a verdade, podemos obter os frutos do Espírito; os frutos da justiça. É justo para nós nos humilharmos sob a poderosa mão de Deus. (1 Pedro 5: 6-7) Davi escreve que Deus tratou dele generosamente, e foi misericordioso. Podemos ver as provas da mesma maneira? Davi era um homem segundo o coração de Deus.

Todas as coisas contribuem juntamente para o nosso bem, se amamos a Deus. (Romanos 8:28) Seja lento para falar, e rápido para ouvir, e você receberá o seu conforto de Deus e não de pessoas. Esse conforto é a palavra implantada, que é capaz de salvar sua alma. (Tiago 1: 19-21) Esta palavra divide a alma do espírito, pensamentos e intenções, e articulações e medula. (Hebreus 4:12) Produz a vida se obedecermos ao que ouvimos.

Há uma maneira que temos de prosseguir para chegar à vida de Cristo. Portanto, está escrito: “Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis. “1 ​​Pedro 4: 12-13. Paulo os chama de “aflições leves e momentâneas”, o que são se vermos pelo que são. Nunca devemos nos questionar a nós mesmos ou aos outros com as palavras “Por que isso está acontecendo comigo?” A resposta é sempre, para que Deus possa nos levar a um maior grau de glória!

Ensinamentos-chave

Descubra como a Palavra de Deus nos desafia e motiva a viver 100% de acordo com a Sua vontade, assim que não precisamos mais cair em pecado, mas que podemos chegar a uma vida de vitória.

Baixar e-book grátis

Uma tão grande salvação

O apóstolo que escreveu o livro aos Hebreus o chama de “uma palavra de exortação”. O objetivo deste livreto é amplificar e expandir sobre esta exortação, trazendo fé e salvação a todos aqueles que têm um chamado celestial. Todos aqueles que seguem à exortação do livro aos Hebreus podem alcançar esta grande salvação.

Siga-nos