“Para mim a maior coisa sobre o cristianismo é …”

Tendo que enfrentar a realidade de doenças terminais e remédios limitados para os pacientes, eu tive uma pergunta ardente.

Escrito por Richard Savage
“Para mim a maior coisa sobre o cristianismo é …”

Como adolescente e jovem, eu estava muito interessado no mundo ao meu redor, passado, presente e futuro. Eu tinha muitos hobbyes, muitos interesses, todos intelectualmente satisfatórios até certo ponto, e coisas que davam prazer temporário. Mas quando me tornei estudante de medicina e tive que enfrentar a realidade de pacientes com doenças graves e terminais, e as limitações do conhecimento médico para curar, aliviar e confortar, eu tinha uma questão queimante: se a humanidade fosse apenas um produto da evolução e seleção natural, sobrevivência do mais apto, por que eu queria ser médico? Qual foi o ponto? Se nossa existência era meramente nascer, viver alguns anos e depois voltar ao pó, que propósito havia na vida? O que chamamos de virtudes e auto-sacrifício não tem sentido. Havia muita miséria e infelicidade no mundo. No entanto, um mundo onde todos viviam completamente para agradar a si mesmos era um pensamento horrível. Os chamados cientistas estavam procurando um “elo perdido” entre macacos e homens, mas qual era o verdadeiro “elo perdido”?

(Artigo continua depois do vídeo)

Encontrando o “elo perdido”

O cientista e filósofo francês do século XVII Blaise Pascal disse certa vez: “O que mais esse anseio, e esse desamparo, proclamam, mas que houve no homem uma verdadeira felicidade, da qual tudo o que resta agora é a impressão e o traço vazios? Ele tenta em vão preencher com tudo à sua volta, procurando em coisas que não estão lá a ajuda que ele não pode encontrar naqueles que estão, embora ninguém possa ajudar, já que este infinito abismo só pode ser preenchido com um objeto infinito e imutável; em outras palavras, pelo próprio Deus.

Eu precisava encontrar o “elo perdido” entre o homem e Deus, e quando eu O encontrei – ou melhor, Ele me encontrou – uma alegria indescritível encheu meu coração como eu nunca havia conhecido antes. A fé entrou em meu coração. Jesus Cristo foi realmente quem Ele disse que era, o Filho de Deus, que desceu do céu para resgatar os seres humanos da confusão que criamos para nós mesmos, colocando-nos como o centro do universo. Em vez de reconhecer nosso Criador, a quem fomos responsáveis pela vida que Ele nos deu, o homem criou seus próprios deuses e se fez Deus.

Jesus se tornou meu mestre pessoal e irmão

Deus usou as circunstâncias para me mostrar meu egocentrismo e orgulho, e que eu era tão ruim quanto as pessoas religiosas que eu achava que eram hipócritas arrogantes. Comecei a ler a Bíblia e tanto que eu tinha uma vez rejeitado começou a soar verdadeiro. Então, uma luz do entardecer amanheceu para mim, que Jesus me amou tanto que estava disposto a morrer por mim, para que eu pudesse ser perdoado e começar uma nova vida. Senti Jesus chamando-me para ser um cristão, um dos seus discípulos, apesar do homem egoísta que eu era. Esse foi um ponto de virada na minha vida.

Era bastante fácil deixar de fumar, porque não havia espaço para um cachimbo e uma bolsa de tabaco no bolso do casaco, bem como uma pequena Bíblia que eu estava com fome de ler o máximo possível. Agora eu queria ter comunhão com aqueles que sabiam algo sobre o que significa ser um cristão, então meu círculo de amigos mudou.

Já se passaram quase 50 anos desde que me tornei cristão, e minha vida tem sido uma jornada emocionante de descoberta e uma educação que é “maior” e “superior” do que qualquer coisa que já conheci. Estou começando a conhecer a Deus como meu maravilhoso Pai, Jesus como meu melhor amigo e irmão mais velho, e tenho comunhão com irmãos e irmãs de todo o mundo que estão neste caminho que o próprio Jesus fez como homem, um modo de ser transformado através da obediência às leis e mandamentos de Deus.

Eu posso me tornar como Jesus

A Bíblia é uma incrível coleção de escrituras através da qual Deus se revela, e que Jesus cumpriu, para que pudesse dizer aos seus discípulos, “Quem me vê a mim vê o Pai.” João 14:9. Podemos orar a Ele por ajuda em todos os momentos. Ele dá o Espírito Santo a todos que querem obedecê-lo, para que tenhamos um guia e um tutor, que nos revela o caminho que Jesus passou em todas as circunstâncias e provações pelas quais passou. Através do Seu Espírito eu tenho poder para vencer a oposição a fazer a vontade de Deus que eu encontro na minha natureza, o que significa que posso guardar todos os mandamentos de Deus por amor a Ele e amar o meu próximo e só quero que os outros encontrem a felicidade e satisfação que encontrei por ser um cristão.

Jesus Cristo não é apenas o bebê na história de Natal e o jovem que estava disposto a ser crucificado na Sexta-Feira Santa como uma expiação pelos nossos pecados, salvando-nos das consequências que merecemos ao vivermos rebeldes para nós mesmos em vez de fazer a perfeita vontade de Deus. Através da obediência aos Seus mandamentos, nós o conhecemos e ao nosso Pai celestial e Criador, porque Ele é o Filho de Deus. Eles fizeram e fazem tudo em comunhão juntos. Ele é absolutamente confiável e, entregando minha vida a Ele, aceitando-o como meu Senhor e desistindo de minha vontade para segui-lo, tenho tudo que qualquer um poderia desejar – paz e alegria, segurança e esperança para o futuro, e os melhores amigos da terra. As provações e desafios da vida diária são uma parte essencial de nossa educação superior e desenvolvimento, para que possamos ser mais e mais libertados das tendências egoístas que herdamos de nossos ancestrais. Jesus está conosco para transmitir tudo o que Deus lhe ensinou como homem e como Ele venceu o mal com o bem. E esta vida na terra é apenas o começo de uma vida ainda mais gloriosa, quando vemos e falamos com Jesus cara a cara, porque nos tornaremos semelhantes a Ele.

A vida é cheia de propósito

Eu encontrei uma fonte que nunca secou, um tesouro que é maior do que qualquer coisa de valor na terra, alegria e felicidade que nunca foi extinta pelas tragédias da vida, e um modo de vida que preenche tudo o que eu poderia desejar.

Nas palavras do rei Davi, fui conduzido à Rocha que é maior do que eu e encontrei em Jesus Cristo “o Caminho, a Verdade e a Vida” além de qualquer outra coisa que experimentei antes de me converter, e o que tenho visto em pessoas de todas as persuasões desde então.

Nas palavras de um anúncio bem conhecido: “Você tentou o resto; Agora tente o melhor. ”Você não ficará desapontado. Eu nunca conheci alguém que se tornou um verdadeiro cristão que queria ser outra coisa.

A maior coisa sobre o cristianismo para mim é que, através de Jesus, temos uma conexão com Deus como nosso Pai no céu, e um caminho pelo qual podemos ser transformados.

Baixar e-book grátis

O evangelho de Deus

Escrito por Sigurd Bratlie

Graça significa que todo o nosso pecado é perdoado quando o confessamos. Mas ela também significa que nós recebemos poder para obedecer à verdade que Jesus trouxe. Neste livro, Sigurd Bratlie fala sobre isso, mostrando o verdadeiro evangelho de Deus, que é a obediência da fé.