O que eu aprendi sobre o sofrer na carne

Quando finalmente aprendi o que significava sofrer na carne, uma nova esperança surgiu em minha vida.

Escrito por Giselle Lazcano
O que eu aprendi sobre o sofrer na carne

Este é o meu testemunho pessoal: eu creio que, se sofrer na carne, deixarei de pecar.

Está escrito em 1 Pedro 4:1 que “Ora, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, armai-vos também vós com este mesmo pensamento, que aquele que padeceu na carne já cessou do pecado;”

Se vivo focada apenas em meus próprios pensamentos, preocupações e tarefas diárias, não consigo ver as coisas mais valiosas que podem realmente me ajudar a viver uma vida feliz e vitoriosa. Este versículo em 1 Pedro 4: 1 é extremamente poderoso. Diz que aqueles que sofreram na carne cessaram do pecado. Isso significa que eu posso parar de pecar!

Pessoalmente, cheguei a um ponto da minha vida em que me cansei da maneira como estava vivendo. Eu não queria continuar vivendo da mesma maneira, tendo maus pensamentos sobre os outros, tendo pensamentos impuros sobre os homens, pensando apenas em mim, tentando encontrar apenas coisas que pudessem me beneficiar.

O problema era que eu ainda não entendia que, quando esses pensamentos vieram, era apenas uma tentação. Eu sabia que não queria esses pensamentos, mas a princípio não entendi que eles não eram pecados, porque não havia concordado ativamente com eles. Quando finalmente entendi isso, uma nova esperança surgiu em minha vida. Então eu entendi que quando esses pensamentos surgissem, eu poderia lutar contra eles e não permitir que eles vivessem e entrassem em meu coração. Em outras palavras – eu poderia sofrer na carne e cessar do pecado, exatamente como o versículo diz!

Uma arma poderosa

Agora esse versículo se tornou uma arma incrível e poderosa sempre que um pensamento impuro – ou qualquer pensamento que eu sabia que era ruim – aparecia. Por exemplo, uma tentação de invejar quando as situações externas de alguém parecem melhores que as minhas. Ou uma tentação de reclamar sobre como alguém está se comportando, ou uma tentação de construir castelos de pensamento sobre um cara que me deu um sorriso. Toda vez que eu era tentado, lembrava-me dessa palavra e às vezes repetia em voz alta. Lembrei-me muito fortemente: “Se eu sofro na carne, se odeio esse pensamento e não o deixo entrar em meu coração, não vou pecar e, portanto, acabarei com ele!” Eu realmente acreditava que era possível experimentar esse versículo em minha própria vida, mesmo que ainda não tivesse uma vitória completa.

Mas pouco a pouco comecei a trabalhar com os pensamentos que me atormentavam. E descobri que, quando conscientemente tive essa mente para sofrer, experimentei o que está escrito. Não cometi pecado consciente nas áreas em que sofri!

Novas possibilidades

Depois de experimentar isso, percebi que não era o fim da batalha, mas apenas o começo. Além disso, nesse versículo está escrito: “… armai-vos também vós com este mesmo pensamento(o pensamento de Cristo), e o seu pensamento foi “de sofrer na carne.” Está escrito em Hebreus 5:7 que Jesus “…nos dias da sua carne, oferecendo, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que o podia livrar da morte, foi ouvido quanto ao que temia.” Essa era claramente a mente de Cristo todos os dias de Sua vida, e se está escrito, “armai-vos também vós com este mesmo pensamento,” então isso significa que eu também tenho que fazer o mesmo. Deus realmente escuta minhas orações e me leva a uma vida vitoriosa, assim como ele levou Jesus.

Todos os dias sou tentada a pecar, mas não cometi pecados se não concordar com as tentações que surgem como pensamentos ou sentimentos. (Tiago 1: 14-15.) Pelo contrário, essas tentações são novas oportunidades para não ceder e, portanto, parar de pecar! Jesus sempre pode nos ajudar no tempo da tentação. “Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados.” Hebreus 2:18. Mas só poderei resistir se me armar com a mente de Cristo, aquela mente que ele teve de nunca pecar contra seu Pai! Não vejo todo o pecado em minha carne ao mesmo tempo, mas posso ser fiel para vencer o que vejo. Dia após dia, passo a passo, ando na luz que tenho de Deus e venço pelo seu poder.

Se acredito que a palavra de Deus é verdadeira, acredito que é possível deixar de pecar e, se estou disposta a sofrer, Deus certamente ajudará e me dará o seu Espírito. Pedro escreve: “… porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis.“. 2 Pedro 1:10. Devo acreditar nessas palavras, torná-las parte da minha vida e, no tempo da batalha, pedir ajuda a Deus e entrar em ação! Então eu nunca vou tropeçar! Eu nunca cairei!

Isso não pode ser mais claro para mim. Eu realmente acredito nessas palavras, e a fé nelas me levou a experimentá-las!

Você pode estar interessado em saber mais sobre a diferença entre tentação e pecado no seguinte:

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Escrito por Elias Aslaksen

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.