Ir para o conteúdo

O que é preciso para ser longânimo?

“Longanimidade” talvez não seja uma palavra comum no vocabulário cotidiano, mas é um fruto do Espírito, o resultado de um processo de limpeza interior.
What does it take to be longsuffering?

(Click to listen to an audio recording of this article: What does it take to be longsuffering?)

Longanimidade é diferente de paciência em seu efeito. Enquanto a paciência é usada para suportar as coisas relativas a nós mesmos e duradoura em nossas lutas pessoais, a longanimidade é a capacidade de suportar e permitir as fraquezas dos outros. Deus é incrivelmente longânimo para nós (Salmo 86:15) e também somos exortados a ser assim. (1 Tessalonicenses 5:14; Efésios 4: 2; Colossenses 3:12)

Por que precisamos de longanimidade

Longanimidade é necessário para suportar um ao outro. Sem isso haverá calúnia, lutas e discussões. É como qualquer virtude divina: deve haver uma morte sobre a nossa carne, para que possamos nos revestir dela. Dessa forma, tem um efeito de limpeza interior em nós mesmos, enquanto o efeito exterior é suportar as outras pessoas.

Longanimidade é o oposto do orgulho. Os orgulhosos não podem tolerar os erros e fragilidades dos outros, ao passo que alguém que é longânimo não apenas suporta a fraqueza, mas também perdoa e tolera a loucura dos outros. Ele também tem esperança de sua salvação e transformação, mesmo que a loucura seja bastante profunda, ampla e persistente.

Quanto mais nos revestimos de longanimidade, mais morremos ao orgulho de nossa carne e, quanto mais somos libertos do pecado, podemos ser de ajuda, consolo e benefício para os outros. Para servir aos outros, tenho que suportar as suas loucuras e então me revestir de longanimidade. Portanto, todos os servos do Senhor devem ser longânimos e crescer nela. Está intimamente ligado à humildade, a ser humilde aos próprios olhos.

A nossa salvação e a dos outros

A longanimidade é um dos frutos do Espírito. (Gálatas 5:22) Nós alcançamos isso pela fé e obediência. A longanimidade de Deus é para a nossa salvação, porque Ele nos sustenta interminavelmente. É Ele quem trabalha em nós quando nos arrependemos do pecado e odiamos nossa própria vida, até que recebamos a salvação pouco a pouco.

Da mesma forma, nossa longanimidade é para a salvação dos outros.

“O longânimo é grande em entendimento.” Provérbios 14:29.
“A prudência do homem faz reter a sua ira [longanimidade].” Provérbios 19:11.

A partir disso, entendemos que uma pessoa que, pelo Espírito de Deus, adquiriu grande compreensão e sabedoria espiritual, é capaz de ser longânima. E outros podem aprender com essas pessoas e seguir seu exemplo. (2 Timóteo 3:10)

Esta é uma versão editada de um artigo traduzido do norueguês, que foi publicado pela primeira vez com o título “Longanimidade” no periódico Skjulte Skatter (Tesouros Escondidos) em fevereiro de 1930.


Você pode estar interessado em ler mais sobre o nosso tópico sobre frutos do espírito, ou nos artigos abaixo.

Qual é o fruto do Espírito?

Fruit of the Spirit: Longsuffering

Ensinamentos-chave

Descubra como a Palavra de Deus nos desafia e motiva a viver 100% de acordo com a Sua vontade, assim que não precisamos mais cair em pecado, mas que podemos chegar a uma vida de vitória.

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.

Siga-nos