Meu relacionamento com Jesus

Como ter Jesus como um verdadeiro amigo e Salvador na vida cotidiana.

Escrito por Barry Couts
Meu relacionamento com Jesus

Barry Couts conta como ele conheceu Jesus como um verdadeiro amigo e salvador em sua vida cotidiana.

Minha mãe ficou viúva quando estava grávida de três meses. Então eu nunca conheci meu pai. Nunca o conheci. Mas sempre tive a sensação de que Deus estava cuidando de mim; que um ser superior, muito além de mim mesmo, estava sempre cuidando de mim. E eu acho que de certa forma acontecia pelo fato de que minha mãe acreditava em Deus; ela confiava nele. Eu senti como se Deus estivesse muito perto de nós em casa e toda a minha vida.

Mas então, quando comecei a crescer e, especificamente, quando cheguei à sétima série, percebi que estava faltando alguma coisa. Eu sabia que, se continuasse fazendo o que estava fazendo, seria como um dos meus tios que estava na prisão e tinha um caminho difícil. Outros também me disseram: “Se você continuar fazendo o que está fazendo, vai acabar como ele.” Isso criou uma necessidade em mim porque eu não queria fazer isso; Eu não queria ser uma ameaça na sociedade.

Na mesma época, frequentei uma igreja pentecostal em Urbana e um pregador pregava aos jovens. Ele estava dizendo que toda a nossa justiça é um trapo imundo para o Senhor, a menos que lhe peçamos perdão e tenhamos um relacionamento pessoal com ele. “São apenas trapos imundos, o que estamos fazendo sozinhos. Precisamos entregar nossos corações a Jesus! ”Isso me chamou a atenção e senti que precisava de uma vida mais profunda. Então eu fiz isso. Pedi a Jesus que me perdoasse os meus pecados, que eram muitos, e pedi a Ele que viesse e fosse Senhor em minha vida.

Um amigo que me diz a verdade

Eu não sabia o que isso significava exatamente. Mas, pouco a pouco, comecei a entender que havia coisas que eu estava fazendo que não estavam de acordo com a Palavra de Deus e não estavam de acordo com a sua bênção. Isso é o que Jesus fez por mim quando percebi que precisava de uma caminhada mais profunda com ele. Ele começou a falar comigo sobre as coisas na minha vida que eu poderia alinhar à Sua Palavra, e ele me ajudou a fazer isso! Eu não poderia fazer isso sozinho. Havia coisas que estavam além do meu alcance.

Ele começou a revelar para mim o meu próprio egoísmo – momentos em que eu estava apenas pensando em mim mesmo ou usando meu tempo egoisticamente. Ele revelou essas verdades para mim. Então, porque ele os revelou para mim, eu pude ver que eu não queria ser assim; eu queria mudar!

Para mim, é assim que Jesus é capaz de me ajudar como amigo pessoal. Está escrito que “Todo caminho do homem é reto aos seus olhos, mas o Senhor sonda os corações.” Provérbios 21:2. Aos meus olhos, algo pode parecer certo, mas Jesus é capaz de tirar a capa para que eu possa ver a verdade. Talvez eu estivesse motivado por ciúme ou inveja, mesmo que eu não soubesse disso na época. Ele descasca em volta e então eu começo a perceber que, porque os outros não eram gratos pelo que eu fazia por eles ou não diziam nada sobre meus “bons trabalhos”, eu me sentia insignificante, ou sinto que o que eu fiz não era bom . Isso significa apenas que eu não fiz isso por causa dele.

Ele pode revelar meus motivos para mim através de Sua Palavra e Espírito, para que eu possa mudar de fazer as coisas por mim mesmo e começar a fazer coisas para ele e para os outros. Para mim, isso é um verdadeiro amigo – alguém que lhe dirá a verdade para que você possa ser ajudado.

Um amigo que pode me ajudar a ser bom

Está escrito em Hebreus 4:15 que Jesus foi tentado em tudo como nós, mas sem pecado. Ele nunca cometeu pecado. Todo pecado veio debaixo de seus pés! Por causa da vida que ele viveu, ele agora é capaz de ajudar todos nós que somos tentados. Jesus é capaz de nos ajudar para que, em vez de preservar nossa própria vontade e viver por nós mesmos e depois de nossos próprios prazeres, possamos ser verdadeiros discípulos que se negam a si mesmos e tomam sua cruz. (Lucas 9:23) Jesus é capaz de nos ajudar para que realmente cheguemos ao ponto em que odiamos o mal dentro de nossa própria natureza – odiamos fazer o que sabemos ser errado.

Então, é algo que eu não quero mais fazer. Eu posso chegar a uma liberdade onde eu não quero nem mesmo pecar, o que eu sei é errado. Jesus é capaz de me dar vida – isso na verdade vem à vida. Onde tenho vida em mim mesmo, porque eu o conheço. Eu obedeço a ele. Eu começo a pensar como ele, para me tornar mais parecido com ele! Não como um robô, mas no meu coração, no meu ser, quero ser bom. E entrar nisso é muito diferente de receber o perdão dos pecados. Então eu posso chegar ao ponto em que tenho virtudes, que me fazem ser bom. Tornar-me alguém para ajudar os outros e não ser crítico, mas para abençoar. Isso é o que Jesus é capaz de fazer. Não apenas para me perdoar meus pecados, mas para me dar uma nova vida. Eu posso ser uma nova criação.

Jesus quer que eu venha para a bênção e para a unção. É por isso que é tão encorajador o que está escrito sobre castigo. Ser castigado significa que alguém está me dizendo como fazer melhor. E a razão pela qual eu sou castigado ou treinado é para que eu possa chegar ao resultado final. (1 Coríntios 11: 31-32; Tito 2: 11-14; Hebreus 12: 5-11)

Se alguém quer ser um médico, então eles têm que ir para o treinamento de um médico. Você não pode querer ser médico e ir para a escola de palhaços e pensar que um dia você será um médico. Se você quer ser um médico, precisa estar nessa formação para um médico, e é assim que é. Não é que ele esteja me mostrando o que eu preciso fazer para tornar isso difícil para mim. É apenas o chamado que ele tem para mim, que ele quer que eu seja como ele! Todas as virtudes – bondade, misericórdia, amor, longanimidade, paciência, bondade, bondade. Se eu me submeter à verdade (a Palavra de Deus) e à sua correção, então, pouco a pouco, experimentarei que estou sendo transformado no que ele quer que eu seja e isso me faz feliz.

Então, não há nada de errado comigo quando ele me diz a verdade. A verdade é que, quando vejo como preciso mudar, isso significa que estou chegando perto do resultado final de ser bom, misericordioso e bondoso – as virtudes. É importante nunca esquecer que só porque vejo que algo do jeito que sou não se alinha com a Palavra de Deus, não é necessariamente uma coisa negativa. Na verdade, é uma oportunidade para eu estar limpo de fazer o que odeio. Se eu discordo das minhas próprias tendências pecaminosas, se eu as negar pelo poder do Espírito Santo, então eu posso ir mais fundo no que eu quero, nas virtudes. Então eu nunca devo ficar desanimado quando vejo o que sou como pessoa, porque ele quer me levar para a limpeza, para que eu possa me tornar completamente puro!

Um amigo com quem posso falar sobre tudo e qualquer coisa

E quando penso no meu relacionamento pessoal com Jesus, é basicamente tudo! Não há nada que eu encontre na minha vida diária que eu não peça ajuda ou orientação a ele. Pode ser tão simples quanto os momentos em que não consegui encontrar as chaves do meu carro ou não consegui encontrar algo. E eu dizia: “Jesus, você sabe que preciso ir trabalhar ou preciso fazer isso e não consigo encontrar minhas chaves. Por favor, me ajude a fazer algo para que eu possa encontrar minhas chaves. ”Então continuo procurando. Até hoje, nunca precisei ligar para o serralheiro porque perdi uma chave. Não porque eu não tenha perdido as chaves antes, mas sempre consegui encontrá-las. É engraçado, mas mesmo nos pequenos detalhes da vida, não há nada muito pequeno que eu não possa falar com ele ou trazê-lo para ele. E eu acho que, como homem, acho fácil pensar que não preciso de ajuda para isso ou aquilo, mas no meu relacionamento com Jesus, Ele tem sido tão amigo para mim que posso falar com ele sobre qualquer coisa. Nessa relação com ele, é quase como um relacionamento entre pai e filho, no qual você pode falar sobre as menores coisas mínimas um com o outro.

Às vezes, quando penso nos outros, a melhor coisa que posso fazer é orar por eles. E esse é o tipo de contato pessoal que Jesus ouve. Ele ouve cada sussurro e entra em ação quando eu oro! E acho que é assim que meu relacionamento com ele é. Cada pequena coisa, o que quer que venha a mim, eu oro e ele pode ajudar em toda situação.

E quando eu participo de uma vida com Jesus, e começo a experimentar que não sou tentado da mesma forma que costumava ser tentado, então isso prova que estou aprendendo com ele. Estou aprendendo a seguir o caminho que Jesus andou. Na vida, ser capaz de amar do meu coração e ser quem eu sou em Deus, de modo que eu não esteja apenas fazendo o que alguém espera de mim ou apenas sendo o que eu acho que é bom. Eu posso conseguir um relacionamento com Jesus onde ele possa me dizer, ele pode falar comigo, e eu posso ver onde depositar minha vida. E eu posso me tornar como ele.

Ele tem o poder. Ele é onipotente. Se ele quer fazer um milagre, ele pode fazer um milagre. Ele pode fazer o que eu preciso. Ele é um amigo pessoal que pode me levar e me conduzir através de todas essas tentações e situações da vida! Ele me ajuda em tudo isso! Isso é um grande amigo e Salvador para ter todos os dias.

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Escrito por Elias Aslaksen

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.