Como você pode se tornar uma pedra que se encaixa no edifício de Deus?

Na Bíblia, a igreja é frequentemente comparada a um edifício, encaixando-se perfeitamente em todos os sentidos. O que isto significa?

Escrito por Sigurd Bratlie
Como você pode se tornar uma pedra que se encaixa no edifício de Deus?

Na primeira aliança, repetidamente ofereceram os mesmos sacrifícios, que nunca poderiam tirar pecados. (Hebreus 10:11). Em outras palavras, não houve crescimento nem progresso na primeira aliança; ainda na nova aliança é completamente diferente.

Paulo escreve aos coríntios: “Não sabeis vós que sois o templo de Deus” 1 Coríntios 3:16. E Pedro escreve: “E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa,
vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual…” 1 Pedro 2: 4-5.

Fazer a vontade de Deus

Jesus é a pedra angular, a pedra fundamental. Foi fazendo a vontade de Deus que Ele foi formado e moldado para ser a pedra angular. Quando Ele veio ao mundo, Ele disse: “Então disse: Eis aqui venho(No princípio do livro está escrito de mim),Para fazer, ó Deus, a tua vontade.” Hebreus 10: 7. Entramos na nova aliança exatamente no mesmo caminho. Agora é também fazendo a vontade de Deus que sejamos moldados à Sua imagem. No princípio do livro está escrito sobre nós. Nós somos talhados pela palavra de Deus. Jesus era a Palavra revelada em carne. Anteriormente ouviram a palavra de Deus; agora eles podiam ver isso revelado pelo corpo de Jesus. Esta é a obra do Espírito com cada um de nós que entrou na nova aliança.

“Mas devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito, e fé da verdade;.” 2 Tessalonicenses 2:13.

Santificação significa ser transformado de ser humano para se tornar “divino”. Não podemos mais realizar isso por nós mesmos do que uma rocha pode se transformar em uma estátua. No entanto, nas mãos de um escultor, um bloco de pedra pode ser cortado em uma estátua. Então, isso é conosco. Nós lemos que devemos ser santificados pelo Espírito. Pela fé em Cristo, recebemos o Espírito que foi prometido. Agora todas essas placas de rocha que lutaram em vão para se transformar em estátuas, podem ser transformadas nas mãos do escultor. Agora eles têm uma esperança melhor.

Seja transformado conforme a Palavra – na imagem de Jesus

Jesus é o padrão original; e pelo Espírito estamos sendo transformados em Sua imagem – em pedras vivas. O Espírito trabalha conosco de acordo com a Palavra de Deus, de modo que nos conformamos com escrituras como: “Não seja vencido pelo mal, mas vença o mal com o bem”; “Abençoe e não amaldiçoe”; “Que ninguém busque o bem dele, mas o bem de seu próximo; ou: “Aquele que entre vós é o maior sera vosso servo e servo de todos“, etc.

Nós somos o edifício de Deus; portanto, se vamos nos formar na forma correta, devemos chegar a Jesus, que é o padrão original. Não devemos deixar-nos formar por pai ou mãe, irmão, irmã ou revistas mundanas. Nem devemos ser influenciados pelo espírito dos tempos. Venha a Ele, a pedra viva, que foi rejeitada pelos homens, mas é escolhida e preciosa aos olhos de Deus.

Há muitos construtores hoje que estão formando pessoas para se encaixarem em seu próprio partido político ou denominação religiosa. Todos eles estão se esforçando para ser grandes e ganhar aceitação pela sociedade contemporânea.

No entanto, não podemos nos encaixar tanto no céu como na terra. Nós que entramos no novo pacto para sermos transformados em pedras vivas no edifício de Deus, devemos aceitar o fato de que seremos rejeitados pelos homens quando fizermos a vontade de Deus.

Guarde o mandamento sem mancha e irreprensível

Observe quão seriamente Paulo considerou isso: “Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas. Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu o testemunho de boa confissão, Que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo;.” 1 Timóteo 6:12-14.

O que significa guardar o mandamento sem mancha e sem culpa? Isso significa que não ajustamos o mandamento para se adequar às circunstâncias; que minha compreensão do mandamento não deve ser corrompida pelas últimas tendências da psicologia. Devemos ser moldados de acordo com os mandamentos – os mandamentos que Jesus deu a Seus discípulos antes de Sua ascens��o. (Atos 1: 2)

Pedras para a construção de Deus foram feitas em todas as eras e todas elas serão unidas para se tornar um templo quando Jesus voltar. Hoje, cada um de nós está sendo talhado – cada um em suas próprias circunstâncias, fazendo a vontade de Deus. No entanto, chegará o dia em que seremos unidos sem o som de um martelo, exatamente como o templo de Salomão quando foi construído. O som de uma ferramenta de ferro não será ouvido. (1 Reis 6: 7)

Se os cooperadores de Deus tivessem tentado adaptar o mandamento às tendências predominantes de seus dias, como você acha que todas as pedras formadas ao longo desses quase 2.000 anos se encaixariam? Jesus não mudou, e o Espírito permaneceu o mesmo nestes 2.000 anos; se o mandamento foi mantido sem mancha, as pedras se encaixam perfeitamente.

Uma pedra que se encaixa no edifício de Deus

Agora podemos entender porque Paulo admoesta Timóteo a manter o mandamento sem mancha até que Jesus volta. Ele o exorta aos olhos de Deus, que dá vida a todas as coisas e diante de Jesus Cristo, que fez a boa confissão. Esta confissão foi que o Seu reino não era deste mundo. Timóteo deveria vir a Ele, a pedra viva; entre no pacto e seja santificado pela aspersão do sangue de Jesus Cristo. Paulo lembra-lhe que ele também havia feito a boa confissão diante de muitas testemunhas, que ele havia sido batizado para buscar as coisas que estão acima de onde Jesus está, e não as coisas na terra. E agora ele exorta Timóteo a “Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna”.

Não seja contaminado por este tempo presente; mantenha o mandamento puro. Faça a vontade de Deus. Então você será uma pedra que se encaixa no edifício de Deus quando Jesus voltar.


Este artigo é um resumo de um capítulo intitulado “Edifício de Deus” no livro “A Nova Aliança e o Mistério da Iniquidade”, publicado pela “Skjulte Skatters Forlag” em junho de 1952. Foi traduzido do norueguês.
© Direitos autorais Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag

 

Você pode estar interessado em ler mais no nosso arquivo de tópicos sobre salvação e santificação.

Baixar e-book grátis

O Novo Pacto e o mistério da iniquidade

Escrito por Sigurd Bratlie

O Novo Pacto é um pacto pessoal que nós fazemos com Deus, no qual nós nos comprometemos a obedecer toda a Sua vontade, e por outro lado ele se compromete a nos equipar com tudo o que nós precisamos para o fazer. O mistério da iniqüidade é que a maioria das pessoas nega esta parte da graça que Jesus enviou a nós e, em vez disso, transformam a graça de Deus em uma licença para pecar.