Aonde você vai quando precisa de conforto?

Todos nós temos coisas às quais recorremos quando precisamos de conforto. Mas você está acessando o conforto verdadeiro e duradouro?

Escrito por Sigurd Bratlie
Aonde você vai quando precisa de conforto?

“Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões,
Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo…”
Filipenses 2:1-2.

Quem encontra consolo em Cristo? São aqueles que seguem e aqueles que desejam seguir seus passos. Qual é a consolação que eles recebem em Cristo? Em primeiro lugar, é o resultado que Jesus obteve no caminho por onde passou e no qual o seguimos. Quando o seguimos, temos a consolação de que iremos para onde ele está – Aquele que ressuscitou dos mortos.

Sobretudo os jovens devem ter isso em consideração, visto que estão no limiar da vida e têm de escolher o caminho que querem seguir ao longo da vida. Se você escolher seguir uma maneira de viver de acordo com seus desejos, considere aqueles que seguiram esse caminho por muitos anos e veja se você encontra algum consolo no resultado que obtiveram. Se você seguir os passos deles, não poderá evitar acabar como eles.

Por que precisamos de consolo?

Muitas pessoas vivem de acordo com sua própria vontade e, consequentemente, acabam em dificuldades. Eles pensam que estão sofrendo injustamente, e não buscam sua consolação em Cristo, mas sim na aprovação das pessoas. Se não obtiverem sua aprovação, guardarão rancor. Essas pessoas nunca podem chegar a ter o mesmo sentimento.

Se eles tivessem encontrado os passos de Jesus, aquele que não ameaçou quando ele sofreu, mas se comprometeu com aquele que julga com justiça, eles também teriam encontrado seu conforto em Cristo e teriam perdoado assim como Cristo os perdoou. (1 Pedro 2: 21-24). Todos aqueles que têm seu consolo em Cristo terão pensamentos semelhantes.

“Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados.” Hebreus 2:18.

“Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.” Hebreus 4:15.

Paulo escreve: Se houver algum conforto no amor, qualquer comunhão do Espírito. E sim, existe, se participamos dos sofrimentos de Cristo negando a nós mesmos para não pecar; então também possuímos conforto de amor e comunhão do Espírito. No entanto, estar familiarizado com qualquer uma delas sem abandonar nossa obstinação é impossível. Então, tentaremos encontrá-lo entre as pessoas, mas ficaremos desapontados. Por outro lado, nos passos de Jesus, encontraremos abundante compaixão e misericórdia.

“Porque, como as aflições de Cristo são abundantes em nós, assim também é abundante a nossa consolação por meio de Cristo. … E a nossa esperança acerca de vós é firme, sabendo que, como sois participantes das aflições, assim o sereis também da consolação.” 2 Coríntios 1:5, 7.

Aqueles que participaram dos sofrimentos de Cristo também seguiram os passos de Jesus, e Paulo tinha uma esperança inabalável por eles. Ele podia contar com eles. Eles não tinham nem o conforto nem carinho de amor. Eles também tiveram comunhão no Espírito com aquele que conquistou a morte.

Pessoas ímpias também têm um grande consolo em Cristo se se afastarem de seu mau caminho. “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” 1 João 1:9.

Em Cristo há consolo, compaixão e misericórdia para todos aqueles que estão dispostos a abandonar sua obstinação. Esse é o caminho que Jesus percorreu, o caminho que leva à vida. (João 6:38.)


Este artigo foi traduzido do norueguês e foi publicado pela primeira vez com o título “Onde você encontra seu conforto” no periódico Tesouros escondidos (Skjulte Skatter) em setembro de 1971.
© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag | ActiveChristianity

Se as palavras Sigurd Bratlie falaram ao seu coração, você pode estar interessado em ler mais de seus escritos::

Baixar e-book grátis

A graça em Jesus Cristo

Escrito por Sigurd Bratlie

“Quando as pessoas pensam sobre graça, elas geralmente pensam sobre o perdão dos pecados; e como nós todos pecamos, todos nós precisamos de graça.” Sigurd Bratlie inicia este livreto sobre a graça com estas palavras. Contudo, ele continua a descrever detalhadamente que a graça que está em Jesus Cristo quer dizer muito mais que perdão. Ela também quer dizer verdade e ajuda. Ela nos ensina a não pecar, para que possamos ser completamente livres para viver uma vida de vitórias que leva à perfeição.