A escolha que faço diariamente

Quando eu nem conhecia Deus, ele estava gentilmente me atraindo para ele. Agora eu o escolho diariamente.

Escrito por Charis Petkau
A escolha que faço diariamente

Você já sentiu um puxão no seu coração? Que tem que haver mais da vida do que você tem? Que você queria “sair” da miséria em que se encontrava? Você já sentiu um desejo de ser feliz e ter um propósito em sua vida? Eu tive, e decidi ouvir esse desejo que estava no meu coração …

Eu sempre soube que havia um poder superior, apesar de ter crescido em uma casa onde Deus não era mencionado. Olhando para trás, posso ver que Deus sempre esteve lá por mim, trabalhando em meu jovem coração e me atraindo para si. Desde a infância, orei e conversei com Deus sobre coisas que achava que não podia conversar com meus pais, mesmo que eu realmente não entendesse com quem estava orando.

Deus esteve comigo quando fui criança

Eu era uma criança zangada em um ambiente doméstico disfuncional. As coisas pioraram e, aos 13 anos, tive que sair de casa por 4-5 meses. Durante esse período, fiquei com minha tia e meu tio, que eram cristãos. Foi uma boa experiência e vi pessoas felizes e que se amavam. Pude ver a diferença entre eles e minha própria família. Principalmente, eles eram felizes e minha família não.

Depois que voltei para casa, as coisas ficaram boas por um tempo. Então me tornei uma adolescente rebelde e problemática e senti como se minha vida estivesse desmoronando. Eu sabia que precisava de ajuda e que o único lugar que eu conseguiria essa ajuda era de Deus. Então comecei a manter um diário. Todo dia eu escrevia um versículo aleatório da Bíblia em meu diário e depois escrevia meus pensamentos sobre isso. Ao escrever, percebi que amava Jesus e que quando pecava, isso o machucava. Eu não queria machucar aquele a quem eu amava!

Uma decisão feliz

Eu sabia que tinha que haver mais na vida do que o que eu tinha, então falei com minha tia com quem vivi durante esses meses como criança. O resultado foi que ela me comprou uma passagem para um fim de semana de uma conferência de jovens cristãos nas montanhas. Chorei o fim de semana inteiro porque senti como se finalmente tivesse encontrado minha casa – era aqui que eu pertencia! Fiquei incrivelmente agradecida por Jesus não ter desistido de mim e por ter acreditado em mim, mesmo quando eu não acreditei em mim.

Naquele fim de semana, aos 17 anos, entreguei meu coração a Jesus e decidi mudar minha maneira de viver. Eu me envolvi com pessoas que criam em Deus e poderiam me encorajar e me ajudar a aprender a viver para ele. Eu queria viver minha vida com ele. Percebi que, se eu estava adivinhando alguma coisa ou tinha inquietação em fazer algo, provavelmente havia uma razão para isso; foi a minha consciência. Enquanto eu estava mudando coisas exteriores, como quem eram meus amigos e o que eu gastava meu tempo fazendo, meu foco lentamente passou de tentar controlar as coisas exteriores para a minha vida de pensamento e vida interior. Minha atitude em relação a tudo mudou.

A resposta para tudo está aqui!

Em casa, não recebi nenhum apoio à minha decisão, e a diferença entre o espírito em casa e o espírito quando fui à igreja se tornou muito óbvia para mim. Percebi que poderia usar essas situações difíceis em que estava, para me aproximar de Deus ou perder a esperança em tudo. Eu tinha tomado uma decisão consciente de que estava “tudo dentro” e viveria minha vida completamente por Jesus, então me mudei. Comecei realmente a ler a Bíblia, em vez de apenas escolher versos aleatórios. Quanto mais eu leio, mais animada fico. Minha colega de quarto chegou em casa um dia enquanto eu estava lendo e exclamei para ela: “Está tudo aqui! A resposta para tudo está aqui! ”

Percebi que foi pela misericórdia de Deus que recebi graça para dar minha vida a ele e me tornar tão feliz. Não importava qual era o meu passado ou que tipo de circunstâncias ou situações em que me encontrei, Deus estava me chamando e havia colocado um desejo pelo bem em meu coração. Ele esteve comigo durante os períodos mais sombrios da minha vida e continuamente me atraía para si mesmo.

Mais do que uma decisão única

A decisão de viver para ele não foi única. Eu preciso continuar escolhendo viver para ele nas pequenas situações cotidianas. Eu escolho fazer minha própria vontade ou escolho fazer a vontade Dele? Escolho ficar com raiva quando alguém faz algo mau ou estúpido, ou escolho permanecer na bondade e no amor? Escolher viver para Deus é algo cotidiano e requer uma batalha, pois não é natural que eu seja boa, paciente ou gentil. Enquanto continuo a escolher o bem e a viver para Jesus todos os dias, fico cada vez mais feliz, como testemunhado por aqueles que estão ao meu redor. Meus pais nunca me viram tão feliz antes e agora aceitam a maneira que escolhi para viver.

“Medita estas coisas; ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.” 1 Timóteo 4:15-16.

Se Deus pode me levar a uma vida feliz e gratificante para ele, ele definitivamente pode fazer isso por você também. Mas você tem que se entregar 100% e amá-lo e querer servi-lo com todo o seu coração. Eu não sentei e esperei que as circunstâncias da vida mudassem, mas estava ativo na tentativa de encontrar Deus. Ele me ajudou e me deu o poder e a graça de que eu precisava para viver por Ele e ter uma vida feliz. E Ele também fará o mesmo por você, independentemente das situações em que você se encontra, se você procurar por Ele com todo o seu coração. (Jeremias 29:13.)

“Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, Amando ao Senhor teu Deus, dando ouvidos à sua voz, e achegando-te a ele; pois ele é a tua vida, e o prolongamento dos teus dias; para que fiques na terra que o Senhor jurou a teus pais, a Abraão, a Isaque, e a Jacó, que lhes havia de dar.” Deuteronômio 30:19-20. Deus nos deu uma escolha; escolha a vida!

Você pode estar interessado em mais testemunhos de pessoas que buscaram e encontraram Deus, incluindo estes:

Baixar e-book grátis

O que significa ser cristão

Escrito por Elias Aslaksen

ser um cristão é uma vida muito mais profunda do que simplesmente pedir para Jesus entrar em teu coração e acreditar no perdão dos pecados. É uma vida de desenvolvimento e crescimento nas coisas de Cristo. Este livreto apresenta os fundamentos de uma vida cristã muito clara e simplesmente.