Ir para o conteúdo

Trago-vos boas novas de grande alegria

Essa grande alegria que os anjos proclamaram há muito tempo mudou tudo sobre a vida, e ainda pode transformar nossas vidas hoje.

(Click to listen to an audio recording of this article)

“E o anjo lhes disse: Não temais, porque eis aqui vos trago novas de grande alegria, que será para todo o povo: Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor.’” Lucas 2:10-11.

Durante a época do Natal, muita coisa é escrita sobre essa grande alegria que foi proclamada aos pastores no campo. No entanto, essa grande alegria inclui infinitamente mais do que o que geralmente é escrito e falado. Normalmente, as pessoas só escrevem sobre o nascimento de Jesus e que Ele veio nos perdoar nossos pecados.

Um trabalho muito maior

No entanto, Jesus veio fazer um trabalho muito maior. Ele veio destruir as obras do diabo em nossas vidas. (1 João 3: 8) Todo aquele que cometeu pecado é escravo do diabo, mas Jesus veio para libertar-nos, de modo que somos livres de todo pecado consciente. (João 8: 34-36) Ele possibilitou o que era impossível na antiga aliança. (Romanos 8: 3) Por causa da obra gloriosa que aconteceu em Cristo, aquele pecado na carne foi condenado à morte, já não somos devedores da carne para viver de acordo com suas concupiscências. (Romanos 8:12) Agora a vida gloriosa de Jesus pode ser manifestada em nós diariamente se seguimos o exemplo dele. (2 Coríntios 4:10)

Pela fé em Jesus nascemos de novo para ser uma nova criatura com uma nova mente redimida e um coração puro que, por alegria e gratidão, pode viver de acordo com novas leis gloriosas que estão sendo escritas dentro dele. (Hebreus 10:16) Estas são as mesmas leis que Jesus recebeu de Seu Pai Celestial e que contém toda a plenitude de sabedoria e glória de Deus.

A “grande alegria” é que podemos ser transformados na imagem de Jesus, de glória em glória. (2 Coríntios 3:18) Podemos ser transformados de ter uma mente carnal para receber a mente de Cristo que é cheia de amor e bondade. Antes, nossa mente era uma com nossa natureza pecaminosa e impura; agora nossa mente é uma com a natureza divina, tendo escapado da corrupção que está no mundo através da concupiscência. (2 Pedro 1: 4)

Eterna, alegria inabalável

O pecado (por exemplo, a iniquidade, a mentira, a inveja, os ciúmes, a ira, a cólera, a fornicação, etc.) não produzem alegria verdadeira. No entanto, existe uma alegria eterna e inabalável em ser redimido de todos esses pecados e caminhar na nova vida nas virtudes de Cristo. É o desejo de Jesus que possamos experimentar essa grande alegria. Essa alegria está firmemente ancorada na esperança abençoada que está dentro do véu no próprio céu. Não é o resultado de flutuações em nossas circunstâncias externas, mas está enraizada e fundada no invisível – em nosso amor por Jesus Cristo.

Assim como o anjo foi um mensageiro de alegria para os pastores no campo, então seremos mensageiros de alegria nos nossos dias em relação a tudo o que podemos obter pela fé na nova aliança. Entre outras coisas, é possível ser um membro do corpo de Cristo em perfeita união com o Pai, o Filho e entre si enquanto andamos na luz. Se entramos nessa unidade e provamos um amor fraternal genuíno e infalível, podemos também com grande alegria convidar outros. Então podemos realmente convidá-los para algo. Há esperança para todos os pecadores, se apenas eles se arrependerão e odiarão tudo o que tem a ver com o pecado. Foi prometido toda a graça e força na batalha contra o pecado.

Jesus nasceu no meu coração pela fé

As boas novas são que podemos ser perfeitamente libertados da escravidão do pecado e que podemos servir a Deus em liberdade e com alegria e gratidão em sincera comunhão com o exército de santos que estão sendo purificados e preparados para a vida de Jesus que retornará em breve!

É uma grande alegria que Jesus nasceu em um estábulo em Belém, mas é uma alegria muito maior que eu posso dizer que Ele nasceu no meu coração pela fé, e que ele habita nele e governa minha vida pelo Seu bom Espírito ! Então sempre vou ter uma festa e posso cantar: “Ouça como as tempestades estão furiosas; dentro dela é pacífico “.

Esta é uma versão adaptada de um artigo que foi publicado pela primeira vez no periódico “Skjulte Skatter” (“Tesouros escondidos”) de BCC em dezembro de 1967 © Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag

Ensinamentos-chave

Descubra como a Palavra de Deus nos desafia e motiva a viver 100% de acordo com a Sua vontade, assim que não precisamos mais cair em pecado, mas que podemos chegar a uma vida de vitória.

Baixar e-book grátis

Cristo revelado em carne

Por nossa causa Jesus carregou os nossos pecados na Sua carne, para que todo o pecado fosse condenado lá. Ele foi voluntário para fazer isso, e ele o fez! O significado que isto tem para nós é imensurável. Leia mais aqui sobre tudo o que isso significa para todos aqueles que realmente acreditam em Cristo Jesus como o Filho de Deus e o Filho do Homem.

Siga-nos