Ir para o conteúdo

Eu acredito que Deus me chamou pelo nome

Eu tive que lutar uma batalha para superar meu complexo de inferioridade e ter fé no amor permanente de Deus por mim individualmente.
Isaiah 43:1-5 - I have called you by name; you are Mine!

“Todo mundo me odeia, ninguém gosta de mim, eu vou comer alguns vermes.”

Nós cantamos essa pequena canção a plenos pulmões quando crianças. Nós pensamos que era uma música tão engraçada.

Quando me tornei adolescente, percebi que era fácil pensar dessa maneira. Não que eu iria comer minhocas! Mas quando as coisas não saíam como eu pensava ou planejava, ou não era convidada para um evento, era fácil pensar que ninguém gostava de mim e que tudo estava contra mim.

Um complexo de inferioridade à espreita

Quando adulto, percebi que também era fácil pensar que Deus estava contra mim quando as coisas pareciam estar “erradas” em minha vida. Essa dúvida do amor de Deus tem me atormentado a maior parte da minha vida. Eu usei diferentes versos para lutar que me ajudaram a obter a vitória em situações específicas, mas esse complexo de inferioridade estava sempre à espreita em segundo plano. A coisa sorrateira é que Satanás vem como um anjo de luz. (2 Coríntios 11:14) Ele faz com que pareça “humilde” pensar que não sou amado ou não é bom o bastante, ou que não sou convidado para coisas diferentes porque não mereço nada melhor.

Há alguns anos, durante um curto período de tempo, experimentei vários eventos importantes em que sofri perda, tanto na forma de entes queridos como na perda do uso do braço direito, que também trazia constante dor física. Eu tinha o controle e a teimosia para mostrar uma face positiva para os outros, mas por dentro eu estava esmagada. Eu percebi, depois de algum tempo, que eu tinha parado de acreditar que Deus me amava ou se importava comigo. Como alguém que me amava deixava essas coisas acontecer? Deus existiu mesmo? O que eu fiz foi tão ruim que eu merecia esse tipo de tratamento? Eu senti que estava lentamente sendo puxada para um redemoinho mortal de escuridão e desespero e eu não sabia como sair. Eu estava até perdendo a vontade de viver – era muito difícil e doloroso e me senti tão sozinha.

Versos escritos especificamente para mim

No meio disso, uma amiga aproveitou o tempo para perguntar como eu estava realmente fazendo. Ela me encorajou e orou por mim e me deu os versículos em Isaías 43: 1-5. Ela me fez prometer ler todos os dias e colocar meu nome lá. Eu prometi. E é isso que eu li:

“Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó (Charis), e que te formou, ó (Charis): Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu(Charis). Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o Senhor teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador; dei o Egito por teu resgate, a Etiópia e a Seba em teu lugar. Visto que foste precioso aos meus olhos, também foste honrado, e eu te amei, assim dei os homens por ti, e os povos pela tua vida. Não temas, pois, porque estou contigo; trarei a tua descendência desde o oriente, e te ajuntarei desde o ocidente.’”

Eu li esses versos todos os dias. No começo, enquanto eu os lia, fiquei me perguntando para quem eles foram escritos porque eles certamente não eram para mim. Mas obedientemente continuei lendo-os. Lentamente, pela graça de Deus, a fé começou a crescer e percebi que elas foram escritas especificamente para mim. Deus me amou, Ele me escolheu; Ele realmente fez! Sim, haveria momentos em que eu iria passar por água e fogo, mas Ele estaria lá comigo, fortalecendo-me.

Liberdade!

Então me ocorreu: essa foi a minha oportunidade de chegar à raiz desse gigante de incredulidade e inferioridade que me atormentou toda a minha vida, e realmente me deu um golpe mortal. Toda essa situação era a misericórdia de Deus, para que eu pudesse me libertar da escravidão, da servidão e da infelicidade que advinham com a dúvida. Eu estava me sentindo como Jó, que tudo estava contra mim, mas então o verso sobre Jó em Tiago 5:11 veio a mim: “Eis que temos por bem-aventurados os que sofreram. Ouvistes qual foi a paciência de Jó, e vistes o fim que o Senhor lhe deu; porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso.”

Isso veio como uma revelação para mim: vejo o fim pretendido pelo Senhor? Eu vejo que estas situações que me levaram a um fim de mim mesmo e da minha própria força, foram na verdade a resposta às minhas orações que eu queria ser libertado da dúvida e servir a Deus de todo o coração? Estas situações que eu teria feito qualquer coisa para sair, se tornaram a coisa que salvou a minha vida. Este foi o fim pretendido pelo Senhor. Todas estas coisas foram enviadas por Deus porque Ele me amava e queria que eu me tornasse feliz e livre.

Mas Deus não faria isso acontecer magicamente; Eu tive que encarar a verdade e superar essas coisas que me cercaram desde a minha infância. Eu tive que lutar: lutar contra a dúvida e a incredulidade e lutar para acreditar em Romanos 8:28. “E sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o Seu propósito.” A Palavra de Deus tornou-se minha arma e foi a única coisa eficaz contra esse gigante da dúvida. Meu próprio raciocínio e pensamentos eram inúteis.

Eu tenho paz agora, porque estou finalmente convencido de que Deus me ama; que eu sou precioso para Ele e que Ele está controlando e organizando cada pequeno detalhe da minha vida para o meu melhor. Eu não tenho medo do futuro, porque sei que Deus tem controle sobre isso e que Ele estará comigo para passar pelo que quer que seja no futuro. Sei que ainda não terminei completamente meu complexo de inferioridade, mas perdeu seu poder e controle sobre mim, por isso é apenas uma questão de tempo. Eu sou muito grato pela Palavra de Deus e pelo poder que tem sobre as trevas, e agradeço pelos cuidados e orações de homens e mulheres de Deus.

Leia mais aqui sobre o quanto Deus te ama:

Ensinamentos-chave

Descubra como a Palavra de Deus nos desafia e motiva a viver 100% de acordo com a Sua vontade, assim que não precisamos mais cair em pecado, mas que podemos chegar a uma vida de vitória.

Baixar e-book grátis

A graça em Jesus Cristo

“Quando as pessoas pensam sobre graça, elas geralmente pensam sobre o perdão dos pecados; e como nós todos pecamos, todos nós precisamos de graça.” Sigurd Bratlie inicia este livreto sobre a graça com estas palavras. Contudo, ele continua a descrever detalhadamente que a graça que está em Jesus Cristo quer dizer muito mais que perdão. Ela também quer dizer verdade e ajuda. Ela nos ensina a não pecar, para que possamos ser completamente livres para viver uma vida de vitórias que leva à perfeição.

Siga-nos