Você quer ser preenchido com o reino dos céus?

A boa notícia é que os que têm fome SERÃO saciados!

Escrito por Sigurd Bratlie
Você quer ser preenchido com o reino dos céus?

“Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;.” Mateus 5:3.

“Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.’” Mateus 4:4.

Nosso corpo pode ser mantido pelo pão – pelas coisas que crescem do chão – pois foi criado a partir do chão. Mas nosso espírito precisa ter nutrição de Deus, pois veio de Deus. As pessoas geralmente pensam apenas em seu corpo e se enriquecem com o que o corpo deseja. Então o espírito deles é empobrecido. A maioria das pessoas não entende essa pobreza. Eles ficam inquietos e buscam apenas distração.

Quem são os pobres de espírito?

A mensagem de Jesus foi: “É chegado o reino dos céus.“. Mateus 10: 7. Nosso espírito só pode ser satisfeito com o reino dos céus. Jesus veio com riquezas para o nosso espírito; por isso, disse que bem-aventurados os pobres de espírito, os que choram, os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos. Ele preparou uma mesa para o nosso espírito. Aqueles que não pudessem se contentar com as coisas visíveis poderiam enriquecer em seu espírito. Eles poderiam estar cheios do reino dos céus e serem perfeitos, assim como seu Pai celestial é perfeito. (Mateus 5:48.)

Quando os discípulos de João perguntaram a Jesus se ele era o que deveria de vir, Jesus respondeu que o evangelho estava sendo pregado aos pobres. (Mateus 11: 5.) “E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.”João 7:37. Naquela época, eles haviam experimentado tudo o que o banquete podia lhes oferecer. Tudo era uma glória visível e obras mortas. Se houvesse alguém lá que não estivesse contente com tudo isso e que sentisse essa pobreza em seu espírito, ele poderia saciar sua sede com ele.

Na parábola das boas sementes e do joio, Jesus diz: “e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno;.” Mateus 13:38. Os filhos do reino são aqueles que não podem se satisfazer com as coisas terrenas. Eles têm fome de retidão. Eles desejam coisas celestiais; eles desejam ser preenchidos com a vida que Jesus proclamou no Sermão da Montanha. Eles são incompreendidos e estranhos neste mundo. Eles têm a boa confissão que Jesus confessou: “O meu reino não é deste mundo.” João 18:36. Quando essa dispensação terminar, e Jesus estabelecer seu reino, os filhos do iníquo serão reunidos fora do seu reino, e os justos brilharão como o sol no reino de seu Pai. (Mateus 13: 41-43.) Então a vida oculta deles com Cristo em Deus será revelada. (Colossenses 3: 1-4.) Então as riquezas do reino dos céus que eles reuniram em seu espírito brilharão.

Leia mais aqui: 20 exemplos do que significa ser pobre de espírito

Valorize o reino dos céus!

Não podemos lutar por riquezas para o corpo e para o espírito ao mesmo tempo. Jesus nos ensina que ninguém pode servir a dois senhores, mas devemos buscar primeiro o reino de Deus e Sua justiça, para que todas as coisas que nosso corpo precisa sejam adicionadas a nós. (Mateus 6: 24-34.)

Sabemos onde nosso coração está na base de nossa vida de pensamento. E nosso coração é onde está nosso tesouro. (Lucas 12:34.) Apenas alguns apreciam tanto o reino dos céus que vendem tudo o que têm, com alegria, para comprar a pérola – abandonam tudo para ser discípulo de Jesus. É bastante perceptível que as pessoas – também aquelas que se dizem crentes – têm uma rica vida de pensamento quando a conversa cobre coisas terrenas. Então seus interesses são despertados. Mas se a conversa se volta para as coisas celestiais – as espirituais – elas têm uma má vida de pensamento. Eles logo se cansarão disso.

Os efésios haviam recebido fé no Senhor Jesus e um amor por todos os santos, mas eles não tinham uma compreensão de quão rica era sua herança nos santos, e eles não perceberam o quão grande é Seu poder para aqueles que creem. Portanto, Paulo não deixou de orar por eles para que Deus lhes desse o Espírito de sabedoria e revelação no conhecimento dele. (Efésios 1: 15-19.)

Você também pode notar a mesma falta em nossos dias. Que Deus possa encher a todos nós com este Espírito de sabedoria e revelação, para que o interesse no reino de Deus possa ser muito maior entre nós.


Este artigo foi traduzido do norueguês e foi publicado pela primeira vez no periódico Tesouros Escondidos (Skjulte Skatter) da BCC em fevereiro de 1960, sob o título “Os pobres de espírito”.
© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag

Se este artigo foi útil para você, também poderá estar interessado nos seguintes artigos:

Baixar e-book grátis

O evangelho de Deus

Escrito por Sigurd Bratlie

Graça significa que todo o nosso pecado é perdoado quando o confessamos. Mas ela também significa que nós recebemos poder para obedecer à verdade que Jesus trouxe. Neste livro, Sigurd Bratlie fala sobre isso, mostrando o verdadeiro evangelho de Deus, que é a obediência da fé.