Veja por que é importante manter as coisas com simplicidade

Não podemos deixar que Satanás complique as coisas para nós.

Veja por que é importante manter as coisas com simplicidade

Deus havia plantado duas árvores especiais no meio do Jardim do Éden: a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal. Deus havia dito a Adão e Eva que não comessem da árvore do conhecimento do bem e do mal, mas que pudessem comer tudo o que quisessem da árvore da vida, pois só a vida e o bem deveriam governar no Paraíso. Isto também se aplica à igreja.  “Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios no bem, mas simples no mal.” Romanos 16:19.

Nós não devemos ser vencidos pelo mal

Deus conhece o bem e o mal sem o mal exercendo poder sobre ele. É assim que a natureza divina opera. (Gênesis 3:22) No entanto, como seres humanos naturais, somos tão fracos que somos facilmente vencidos pelo mal. Deus nos preserva do mal porque nos ama demais. A única oportunidade de Adão e Eva de ser preservado do mal no Jardim do Éden era ser obediente ao mandamento de Deus e não comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. Até hoje é a vontade de Deus que não sejamos vencidos pelo mal. Sua vontade é que não devemos apenas receber perdão, mas também obter a vitória completa sobre o mal.

Satanás também sabe disso, e assim enganou Eva a comer da árvore do conhecimento por esta falsa promessa de que ela seria como Deus e não morreria, porque Deus não morre, embora Ele conheça o bem e o mal. Que dissimulação astuta, inteligente e religiosa ela usou. Satanás enganou Eva apresentando uma transgressão da Palavra de Deus como algo bom, algo atraente, algo que a tornaria inteligente. É diferente hoje? (Gênesis 3: 4-5)

Influenciada por Satanás, Eva foi jogada de um lado para o outro por sua astúcia e artimanha. Ela ficou preocupada em sua mente e afastou-se da vontade de Deus de simplesmente crer em Seu mandamento de não comer daquela árvore. Nesse estado mental conturbado, a diferença entre o bem e o mal tornou-se vaga e obscura. Eva experimentou isso; ela caiu em transgressão e perdeu o Paraíso. (Efésios 4:14; Gálatas 5:10; 1 Timóteo 2:14)

A simplicidade que está em Cristo

“Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.”  2 Coríntios 11: 3. É esta fidelidade simples a Cristo que preserva nossos pensamentos de todo o engano e confusão religiosa nestes dias. “Se me amais, guardai os meus mandamentos.” João 14:15. Isso é simplicidade celestial. Embora os gálatas estivessem entusiasmados por Paulo e sua pregação no início, eles foram enganados e perderam o caminho. Os chamados “eminentes” apóstolos conseguiram que os gálatas imaginassem que não era necessário ser crucificado com Cristo todos os dias, para que pudessem ser redimidos muito mais facilmente sem fazê-lo. Tudo ficaria bem se apenas fossem circuncidados fisicamente. Isto é o que foi pregado a eles naqueles dias. (Gálatas 5:10; 2 Coríntios 11: 5)

A variação atual desta pregação é que tudo está bem conosco se cremos que Jesus fez tudo em nosso lugar de uma vez por todas. Assim, nosso trabalho e nossas obras não são mais importantes. “Ó insensatos gálatas! quem vos fascinou para não obedecerdes à verdade, a vós, perante os olhos de quem Jesus Cristo foi evidenciado, crucificado, entre vós?” Gálatas 3:1.

Para Paulo, Jesus não foi apenas o Crucificado no Calvário; Ele também foi seu e nosso precursor crucificado, que levou sua cruz diariamente por aproximadamente 33 anos. Aqueles que O seguem fazem o mesmo. “E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.’” Lucas 9:23.

Read more here about what it means to take up your cross daily.

O Espírito de Deus instruiu Jesus a tomar sua cruz, e o Espírito nos constrange a fazer o mesmo hoje e nos ensina a fazê-lo com alegria. É exatamente isso que nos inspira, vivifica nossa fé e nos ajuda na tentação de fazer o bem e ser transformado na imagem do Filho. Não devemos ter falta em obras, porque, se o fizermos, perderemos o poder de Deus e até mesmo a salvação de nossa alma. A falta de obras acaba em religiosidade, uma forma de piedade e uma vida sem vitória. Satanás trabalha com astúcia. “Resisti-o, firme na fé …” 1 Pedro 5: 9. Isso é simplicidade celeste! A noiva de Cristo deve estar desperta em sua vida de pensamento; deve ser puro e virginal a todo custo, de modo que Jesus é nosso grande amor e não somos obedientes a outro espírito ou a outro evangelho que não recebemos desde o princípio. (Tiago 2: 14,17; 1 Coríntios 1: 17-18; 2 Timóteo 3: 5; 2 Coríntios 11: 2,4)


Este artigo foi traduzido do norueguês e foi publicado pela primeira vez sob o título “Simplicidade Celestial” no periódico Skjulte Skatter (Tesouros Escondidos) da BCC em junho de 2010.
© Direitos autorais Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag

Você pode estar interessado em ler mais do nosso arquivo tópico sobre a cruz.

 

Baixar e-book grátis

Eu estou crucificado com Cristo

Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.