Veja como encontrar o caminho de fuga na tentação

Deus tem um meio de escape para nós em todas as tentações. Mas não está escrito que a tentação cessa …

Escrito por Vern Nicolette
Veja como encontrar o caminho de fuga na tentação

“Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” 1 Coríntios 10:13.

O caminho de escape

Em 1 Coríntios 10:13, fala sobre o tempo da tentação e que Deus faz um meio de escapar para que possamos suportá-lo. Quão esperançoso é que tenhamos um Deus que mede cada tentação para que possamos suportá-la! Deus tem um meio de escapar para nós em todas as tentações. O caminho da fuga é ir diante do trono da graça e orar pela graça em tempos de necessidade; em outras palavras, antes de cairmos. Então temos a promessa de Deus de que receberemos a graça, que é força e ajuda no momento certo, para que possamos permanecer em pé depois de vencer todas as coisas. (Hebreus 4:16; Efésios 6:13.)

Em 1 Coríntios 10:13, não diz que Deus nos dá um meio de escapar da tentação, para que a tentação cesse; pelo contrário, Ele nos dá o caminho da fuga, para que possamos suportar a tentação. Ele nos prometeu o poder do Espírito Santo para nos fortalecer para que possamos suportar a tentação. É o mesmo Espírito eterno que fortaleceu Jesus nos dias de Sua carne, possibilitando que Ele se oferecesse a Deus como um Cordeiro sem mancha. (Hebreus 9:14.)

Essa maneira de escapar nos permite evitar ter que sofrer uma derrota no tempo da tentação. No entanto, temos que optar por sofrer em nossa carne. Por natureza, preferimos evitar ter que sofrer na carne, esperando que Deus faça uma maneira de escapar da tentação e nos tire da tribulação para que ela cesse. Mas não é isso que está escrito. Na antiga aliança, Israel pensava assim; consequentemente, eles perderam a oportunidade de entrar e conquistar a terra. Quando eles escolheram sair da situação que Deus havia preparado para eles, eles também escolheram dar uma grande vitória sobre seus inimigos. Na verdade, o que eles escolheram foi passear no deserto em torno de seus inimigos por quarenta anos.

Vá direto através de seus inimigos!

Qual é o caminho em torno de nossos inimigos? Desde que eu opte por sair de uma situação que Deus preparou para mim, eu escolho contornar meus inimigos. Talvez eu permaneça em uma situação, mas, desde que decida alimentar pensamentos negativos sobre os outros, pensamentos ingratos, pensamentos que julgam os outros ou fazem exigências a eles, escolho andar em volta dos meus inimigos. A verdade é que meus inimigos habitam em minha própria carne, e isso não tem nada a ver com os outros ou com as circunstâncias da minha vida. Um bode expiatório, uma desculpa, aparece para que a própria carne não sofra, e, portanto, ouvimos esse clamor da carne: “Os outros são o problema!” Quando eu, pela graça de Deus, nego entregar minha mente a ter pensamentos ingratos e julgadores que exigem dos outros, então vejo claramente que é de fato a minha carne que é o problema. Então eu atravesso meus inimigos na Terra Prometida.

Não vamos seguir o exemplo de Israel. Vamos preferir escolher o caminho de fuga de Deus em tempos de tentação – o caminho de fuga em que sofro a tentação e recebo poder de sofrer em minha carne para que eu possa terminar com meus inimigos – acabando com o pecado! (1 Pedro. 4: 1.) É óbvio que isso produz um sofrimento breve e momentâneo. (2 Coríntios 4: 17-18.) Mas é precisamente quando eu posso deixar de pecar! É quando eu posso terminar com meus inimigos, acabar com o sofrimento sob a tirania deles, em vez de andar ano após ano, sem fim. Qual sofrimento é maior, você acha? O apóstolo nos exorta que “por muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus.“. Atos 14:22. Sim, através de muitas tribulações, não em torno de muitas tribulações. Então entramos no reino que é cheio de justiça, paz e alegria no Espírito Santo.

Que Deus nos fortaleça poderosamente para escolher o caminho de fuga no tempo da tentação que passa por tribulações, não ao seu redor. Deus criou esse caminho de fuga, um caminho longe de toda injustiça, inquietação e infelicidade! Bem-aventurado é todo aquele que faz uso disso.

Este artigo foi publicado pela primeira vez com o título “O caminho da fuga na tentação” no periódico Tesouros Escondidos da BCC em junho de 2014.
© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag

Leia mais sobre vencer nas tentações em nossa página de tópicos sobre tentação e pecado, ou nos artigos selecionados abaixo:

Baixar e-book grátis

O Novo Pacto e o mistério da iniquidade

Escrito por Sigurd Bratlie

O Novo Pacto é um pacto pessoal que nós fazemos com Deus, no qual nós nos comprometemos a obedecer toda a Sua vontade, e por outro lado ele se compromete a nos equipar com tudo o que nós precisamos para o fazer. O mistério da iniqüidade é que a maioria das pessoas nega esta parte da graça que Jesus enviou a nós e, em vez disso, transformam a graça de Deus em uma licença para pecar.