Sansão: O poder incontestável de uma aliança com Deus

A força de Sansão durou apenas enquanto ele era fiel ao seu pacto …

Sansão: O poder incontestável de uma aliança com Deus

Por causa da história de Sansão no livro dos Juízes, o nome Sansão é sinônimo de grande força física. Mas, como sabemos, a força que Sansão tinha não era usada para o trabalho com regularidade. (Embora ele possa ter feito isso também). A verdadeira fonte da força de Sansão veio de sua aliança com Deus.

 

O pacto de Sansão com Deus

A história de Sansão nos diz que ele foi dedicado a um grupo chamado “nazireus”. Um nazireu foi alguém que voluntariamente fez voto de consagração a Deus. Isso exigia que eles não bebessem bebidas fortes nem cortassem o cabelo. Enquanto Sansão foi fiel àquela aliança, então Deus encheu-o de força e não havia literalmente nada que pudesse dominá-lo. Ele separou um leão com as próprias mãos, matou mil homens de uma vez só com a queixada de um jumento como arma, arrancou os portões da cidade de Gaza e os carregou nos ombros até o topo de uma montanha. etc.

Por causa desse poder que ele tinha, os filisteus – inimigos de Israel, que na época os dominavam – estavam sempre prontos para matar Sansão. Mas não importava o que tentassem, Sansão era invencível.

Isto é, até que ele foi infiel ao seu pacto com Deus …

 

Em um momento de fraqueza, Sansão revelou o segredo de suas forças a Dalila, uma mulher filisteia que ele estava encontrando. Nesse momento ele foi derrotado. Os filisteus rasparam o cabelo enquanto ele dormia, e finalmente conseguiram levá-lo como prisioneiro. Quando ele acordou, ele ainda pensava que seria capaz de dominá-los, mas tendo quebrado sua aliança com Deus, o Senhor se afastou dele. Agora ele era como qualquer homem comum. Os filisteus arrancaram-lhe os olhos, levaram-no a Gaza e amarraram-no como um moedor numa prisão.

 

Nossa aliança

Há uma lição séria que podemos aprender com a história de Sansão. Se queremos servir sinceramente a Deus, então é importante entender que também nós teremos um inimigo que está sempre buscando nos destruir. Satanás está sempre tentando impedir que as pessoas sirvam a Deus, destruam sua vida nele, para que não possam receber o enorme poder espiritual que um discípulo de coração sincero recebe em sua vida. Este poder, que dá força para vencer o pecado e os poderes das trevas, o aterroriza, porque é este que um dia o derrotará completamente e destruirá seu reino.

No entanto, enquanto formos fiéis em nossa aliança de discipulado com Cristo e mantermos uma mente pura, seremos tão invencíveis quanto Sansão foi! Nós obteremos poder celestial em nossa vida para vencer todo o mal; toda tentação! E quando a batalha se torna intensa, Deus continuamente nos refresca com novas forças para continuar, contanto que não desista e ceda ao inimigo.

“Porque, quanto ao Senhor, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele.” 2 Crônicas 16:9.

Mas se nós, como Sansão, nos cansarmos de resistir ao pecado, cedermos à tentação e deixarmos de ser fiéis, permitindo a impureza em nosso coração, então também perderemos o poder que recebemos do Senhor. Então nos tornamos apenas pessoas comuns sem força divina, e somos facilmente levados cativos por todos os tipos de mal. Então não teremos o poder que precisamos quando o inimigo vier.

 

Um tipo diferente de força

Não podemos vencer a Satanás a menos que tenhamos poder de Deus em nossas vidas, e só recebemos esse poder em relação à pureza de nosso coração e nossa fidelidade. Não ajuda lutar com nossas próprias forças para fazer o bem. Se sabemos que quebramos nossa aliança com Deus e precisamos de um tipo diferente de força para vencer o pecado – precisamos do poder divino através do Espírito Santo.

Muitas pessoas compartilharam o destino de Sansão. Eles perderam o poder que tinham em suas vidas por causa da infidelidade. Eles apagaram o Espírito. (1 Tessalonicenses 5:19)

Mas a história de Sansão não é um destino que temos que compartilhar! Podemos preservar nossos corações em pureza, e podemos simplesmente ser fiéis em guardar nosso pacto de discipulado – servir a Deus em vez de a nós mesmos. Então teremos um suprimento infinito de poder do Senhor e veremos claramente pelo que estamos lutando. Seremos invencíveis em nossa batalha contra o pecado!

Você pode ler a história completa de Sansão em Juízes 1.

Baixar e-book grátis

O Novo Pacto e o mistério da iniquidade

O Novo Pacto é um pacto pessoal que nós fazemos com Deus, no qual nós nos comprometemos a obedecer toda a Sua vontade, e por outro lado ele se compromete a nos equipar com tudo o que nós precisamos para o fazer. O mistério da iniqüidade é que a maioria das pessoas nega esta parte da graça que Jesus enviou a nós e, em vez disso, transformam a graça de Deus em uma licença para pecar.