O que significa ser participante da natureza divina?

Ser um participante da natureza divina significa que as características da natureza de Deus se tornam minhas – através de Sua obra criadora em mim!

O que significa ser participante da natureza divina?

Em 2 Pedro 1:4 está escrito: “… Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.”

Isso parece inacreditável. Nós podemos ser participantes da natureza divina? O que isso realmente significa? Não é uma blasfêmia dizer que podemos ser divinos – como Deus?

O que é a natureza divina?

Crer que eu pessoalmente possa ser um participante da natureza divina não significa que estou tentando me tornar maior que Deus. Eu nem estou tentando me colocar no nível dele. Entre outras coisas que Deus é, e que eu nunca vou me tornar é: Todo-Poderoso, o Criador, onisciente, etc.

Tornar-se participante da natureza divina significa que as características da natureza de Deus se tornam minhas. Por exemplo, entre outras coisas, a natureza divina é:

  • Boa
  • Gentil
  • Justa
  • Misericordiosa
  • Perdão
  • Sofredora
  • Paciente
  • Alegre
  • Pacífica
  • Auto-controlada
  • Fiel
  • Amável
  • Honesta
  • E acima de tudo, amor

Nenhum de nós tem essas características como parte de nossa natureza, sem que elas tenham sido manchadas pelo pecado em algum nível. “Boas” características humanas são sempre limitadas, imperfeitas e, muitas vezes, egoístas. Há uma enorme diferença entre a justiça humana, ou amor humano, e a justiça e amor de Deus, por exemplo.

Natureza humana

Em Tiago 1:13, está escrito sobre Deus que Ele não pode ser tentado pelo mal. Todo ser humano, por outro lado, tem uma carne contendo concupiscências e desejos, ou a inclinação para o pecado, o que nos faz ser tentados. Essa é a natureza humana. Contudo, se sou fiel a vencer quando sou tentado a pecar, passo a passo posso desenvolver-me para que o pecado em minha carne seja morto. Então essas características piedosas, que são puras e perfeitas, podem ser criadas em minha vida pelo Criador. É um processo de transformação.

Aos poucos mas seguramente o fruto do Espírito, que é outra maneira de dizer a natureza divina, começa a substituir o pecado em minha carne. Isto está claramente escrito em Gálatas 5: 16-26. À medida que continuo a seguir fielmente a Jesus no caminho da vitória do pecado, minha natureza atual se torna divina em vez de humana. Eu posso seguir o exemplo de Jesus por causa do Espírito Santo dentro de mim, que me mostra a verdade e me capacita para vencer!

Isso é algo que eu tenho que estar consciente. Isso não acontece automaticamente. Isso só acontece se eu conscientemente usar as oportunidades que recebo diariamente para vencer coisas como orgulho, irritação, pensamentos impuros, malícia, inveja, fofoca, preguiça, egoísmo, etc.

Jesus – alguém que podemos seguir

Está escrito que Jesus não teve por usurpação ser igual a Deus (Ele tinha todo o direito a isso), mas Ele Se humilhou e veio à semelhança dos homens, e então Ele foi obediente até a morte, e é por isso que Deus também o exaltou. (Filipenses 2: 5-11) Também está escrito que a plenitude da Divindade habita em Cristo corporalmente. (Colossenses 2: 9) Isso significa que, enquanto Ele estava em forma humana, Jesus realizou essa transformação da natureza humana para a natureza divina por completo. E agora devo seguir o caminho que Ele estabeleceu para mim – o caminho da humildade e obediência. Pela fé e paciência isso é possível. “E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência, E à ciência a temperança, e à temperança a paciência, e à paciência a piedade, E à piedade o amor fraternal, e ao amor fraternal a caridade.” 2 Pedro 1:5-7.

Leia mais aqui: O que significa dizer que Jesus veio à semelhança da carne pecaminosa? 

Não é algo que eu faço com minhas próprias forças. É uma obra criadora que Deus faz em mim; Um milagre! Então, realmente se torna perceptível que minhas ações, motivos e propósito na vida se tornam divinos – eles estão muito acima do que é “normal” para as pessoas. O resultado de Deus operar este milagre em mim – através da minha obediência à fé e do poder do Espírito Santo – é que os pensamentos de Deus, que são muito mais elevados do que os meus pensamentos, como os céus estão acima da terra, tornam-se meus pensamentos!

O fato de que Deus pode realizar uma façanha tão incrível em mim como um ser humano normal e natural, alguém que está completamente arraigado com a tendência de pecar, é tão surpreendente que eu louvo, honro e glorifico por toda a eternidade pelo que Ele me salvou. Então minha vida, a nova criação, verdadeiramente trará honra e glória a Deus. Essa é a esperança viva que eu tenho, pelo que eu luto, pelo que vivo e pelo que meus olhos estão firmemente fixados.

“Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, Para uma herança incorruptível, incontaminável, e que não se pode murchar, guardada nos céus para vós, Que mediante a fé estais guardados na virtude de Deus para a salvação, já prestes para se revelar no último tempo,.” 1 Pedro 1:3-5.


Você pode estar interessado em ler mais em nossa página de tópicos sobre salvação e santificação
, ou nos artigos selecionados abaixo:

/16-versiculos-gloriosos-da-biblia-que-provam-que-voce-pode-ser-transformado

/voce-adora-o-criador-ou-apenas-a-criacao

Baixar e-book grátis

A graça em Jesus Cristo

“Quando as pessoas pensam sobre graça, elas geralmente pensam sobre o perdão dos pecados; e como nós todos pecamos, todos nós precisamos de graça.” Sigurd Bratlie inicia este livreto sobre a graça com estas palavras. Contudo, ele continua a descrever detalhadamente que a graça que está em Jesus Cristo quer dizer muito mais que perdão. Ela também quer dizer verdade e ajuda. Ela nos ensina a não pecar, para que possamos ser completamente livres para viver uma vida de vitórias que leva à perfeição.