O que significa ser crucificado com Cristo? (Gálatas 2:20)

Compreender este ensinamento chave é uma questão de vida!

Escrito por Johan Oscar Smith
O que significa ser crucificado com Cristo? (Gálatas 2:20)
  • O que significa ser crucificado com Cristo? (Gálatas 2:20)
  • (Click to listen to an audio recording of this article)

    “Sabendo isto, que o nosso homem velho foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado.” Romanos 6:6.

    Paulo escreve como se isso fosse algo comumente conhecido e acreditado: o velho homem foi crucificado. Hoje em dia, isso é bastante desconhecido entre os cristãos. Talvez eles saibam sobre isso como conhecimento morto, mas eles não acreditam nisso, então não os beneficia.

    Recentemente, alguém testificou que ele agora acreditava que ele era crucificado com Cristo, que era um ato de fé. Ele estava muito feliz. Foi maravilhoso ouvir, porque era completamente diferente do antigo entendimento: cometer pecado e receber graça para ser perdoado. É apropriado que um iniciante esteja entusiasmado com o perdão, mas quando uma pessoa deveria ter se tornado mestre em Cristo e ainda continua a pecar, é preguiçosa e deplorável. Em algum momento, devemos chegar a vitória sobre tudo o que sabemos ser pecado, porque o pecado consciente é do velho homem. Então, gradualmente, descobrimos o pecado que foi inconsciente. Quando recebemos luz sobre o pecado inconsciente, também a crucificaremos. O corpo do pecado será assim destruído, e não mais serviremos o pecado.

    Pela fé, mantemos o pecado na morte, onde pertence. Consideramos que estamos mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus, nosso Senhor. O pecado não deve reinar em nossos corpos mortais, para obedecermos em suas concupiscências. (Romanos 6:11-12)

    Temos desejos em nosso corpo mortal, mas não devemos obedecer a eles. Em outras palavras, estamos mortos para nossos desejos. Recebemos o poder para fazer isso levando esta posição de fé: morto com Cristo, crucificado com Cristo.

    “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim.” Gálatas 2:20. Se Paulo podia crer que ele foi crucificado com Cristo, também deve ser possível para nós. É por isso que está escrito como um fato: “E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.” Gálatas 5:24.

    Por que viver sem vitória então? Choramingar e reclamar sobre a derrota contínua soa tão humilde, mas a raiz é apenas pecado e incredulidade. A mesma fonte não pode produzir água fresca e amarga. (Tiago 3: 10-11)

    Ficar no pé da cruz não ajuda; não estava no pé da cruz o caminho no qual Jesus venceu. Temos que estar na cruz. Foi aí que Jesus venceu principados e poderes e todas as hostes do inferno. É aí que nós também vencemos.

    Os sacerdotes e os pregadores devem começar a ensinar isso aos discípulos o mais rápido possível, porque é um fato que apenas alguns crentes têm fé e uma compreensão clara deste assunto – e isto é uma questão de vida.


    Este artigo foi traduzido do norueguês e foi publicado pela primeira vez com o título “Crucificado com Cristo” no periódico “Skjulte Skatter” (“Tesouros Escondidos”) de BCC em setembro de 1935.
    © Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag

    Baixar e-book grátis

    Eu estou crucificado com Cristo

    Escrito por Elias Aslaksen

    Este livreto é baseado nas palavras de Paulo em Gálatas 2:20: “Eu estou crucificado com Cristo; não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim …” Aqui Elias Aslaksen explica o que isto quer dizer e como os leitores podem ter o mesmo testemunho que Paulo em suas próprias vidas.