O Apóstolo Pedro: Um homem completamente novo

O que aconteceu com Pedro que ele mudou tão radicalmente em tão pouco tempo?

Escrito por Kathryn Albig
O Apóstolo Pedro: Um homem completamente novo

Estas são algumas coisas que sabemos sobre o apóstolo Pedro:

  • Sua fé era tão fraca que quase afundou nas ondas porque estava com medo. Jesus disse-lhe: “Ah, você de pouca fé, por que duvidou?” (Mateus 14: 28-31.)
  • Sua fé era tão grande que ele fazia milagres regularmente em nome de Jesus. (Atos 5:12.)
  • Quando Jesus foi crucificado, Pedro negou conhecê-lo três vezes, porque tinha medo das consequências. (Mateus 26: 69-75.)
  • Pedro pregou o nome de Jesus com tanta ousadia e poder em Jerusalém que cerca de 3000 almas foram adicionadas à igreja em um dia. (Atos 2:41.)

Quase parece que estamos falando de dois homens diferentes aqui. O que aconteceu com o apóstolo Pedro que ele mudou tão radicalmente em tão pouco tempo? Simplesmente, ele foi batizado com o Espírito Santo.

O Espírito Santo assumiu o controle

Jesus disse aos seus discípulos antes de ser levado para o céu: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra.” Atos 1:8. Pedro, que era tão fraco, tímido e impotente, ficou cheio de ousadia e poder quando o Espírito Santo assumiu o controle de sua vida!

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós.” João 14:16-18. Essa é a promessa que Jesus faz aos seus discípulos.

Podemos ver em várias histórias sobre ele que Pedro nem sempre fazia as coisas perfeitamente. Por exemplo, quando ele cortou a orelha do servo e teve que ser repreendido por Jesus. Ou quando ele adormeceu no jardim do Getsêmani, em vez de vigiar com Jesus enquanto orava. Portanto, não é como começamos que determina o nosso final. Não é nosso histórico ou quem somos por natureza. É o que permitimos que o Espírito Santo faça em nós. Se permitirmos que Ele nos guie, se formos obedientes a Ele, então Ele nos conduzirá a toda verdade e sabedoria. (João 18: 10-12; Mateus 26: 37-41.)

O mesmo homem que uma vez tentou convencer Jesus de que poderia evitar os sofrimentos pelos quais teve que passar depois escreveu: “Amados, não estranheis a ardente prova que vem sobre vós para vos tentar, como se coisa estranha vos acontecesse; Mas alegrai-vos no fato de serdes participantes das aflições de Cristo, para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e alegreis.” 1 Pedro 4: 12-13. (Mateus 16: 21-23.)

O Apóstolo Pedro: Um dos nossos maiores exemplos

Assim, o apóstolo Pedro é um dos maiores exemplos que temos de uma vida de discípulo. Sim, temos uma natureza humana com todas as suas tendências e fraquezas. Mas não precisamos ficar presos a isso! Na verdade, essas não são as coisas que determinam como nossas vidas serão. Deus dá o Espírito Santo a todos que lhe obedecem. (Atos 5:32.) Se andarmos no Espírito e vivermos em obediência às Suas instruções, receberemos todo o poder no céu e na terra para realizar a boa e perfeita vontade de Deus para nossas vidas. Seremos guiados pelo mesmo motor poderoso que realizou uma transformação tão notável em Peter.

  • Quem é obrigado a se preocupar com o que as pessoas pensam sobre eles, pode se tornar livre e ousado.
  • Alguém que está preso pela ansiedade e pelo medo pode ter perfeito descanso e paz em Cristo.
  • Quem está inclinado a reclamar e insatisfação pode aprender gratidão e satisfação.
  • Quem é escravo de suas concupiscências pode se tornar livre e puro.

E a lista continua. Todos sabemos por nós mesmos onde estão nossas batalhas individuais. Com a ajuda e o poder do Espírito Santo, podemos vencer completamente tudo e qualquer coisa que está nos impedindo!

“Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, que sou prisioneiro seu; antes participa das aflições do evangelho segundo o poder de Deus, Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos;.” 2 Timóteo 1:7-9.

Se este artigo sobre a transformação do apóstolo Pedro o inspirou, você pode estar interessado em ler mais na nossa página de tópicos sobre o Espírito Santo, ou nesses artigos sobre outros exemplos da Bíblia:

Baixar e-book grátis

O evangelho de Deus

Escrito por Sigurd Bratlie

Graça significa que todo o nosso pecado é perdoado quando o confessamos. Mas ela também significa que nós recebemos poder para obedecer à verdade que Jesus trouxe. Neste livro, Sigurd Bratlie fala sobre isso, mostrando o verdadeiro evangelho de Deus, que é a obediência da fé.