Este site usa cookies para reconhecer visitas repetidas e preferências, para fornecer recursos de mídia social e para analisar o tráfego. Ao clicar em “Aceito” ou ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies e com nossos Termos de Uso.
Quando a guerra estourou no céu

Quando a guerra estourou no céu

“Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos, mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus”.

9 minutos ·

"E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos,
mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus.
E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele
." Apocalipse 12: 7-9.

O começo da história

Muito tempo atrás, antes de a Terra ser formada, não havia pessoas, apenas inúmeros anjos no céu, que ministravam e serviam a Deus. Entre eles estava Lúcifer, um querubim (um anjo alado) que era "o selo da perfeição, cheio de sabedoria e perfeito em beleza". (Ezequiel 28:12) Ele tinha uma importante tarefa no céu, e muitos o admiravam. Mas com o tempo, ele começou a pensar que talvez pudesse ganhar algo com essa honra; talvez ele pudesse até mesmo se tornar maior do que Deus. (Isaías 14:13.)

Com esses pensamentos de grandeza em seu coração, ele atraiu a si outros anjos que também queriam ganhar algo para si em vez de oferecer toda a honra a Deus. (Apocalipse 12: 7.) Mais tarde, Lúcifer (agora conhecido como Satanás) também começou a enganar os seres humanos, para afastá-los de Deus e seguir seu próprio caminho de orgulho e destruição. Ele teve sucesso nessa busca em sua primeira tentativa, enganando Adão e Eva apelando para o senso de orgulho deles, querendo ter a mesma habilidade de discernir entre o bem e o mal que o próprio Deus. Então Satanás se estabeleceu como um acusador da humanidade, e desde o dia em que tentou Adão e Eva até o dia em que Jesus morreu na cruz, ele vagou pela terra e veio até o trono de Deus no céu para acusar as pessoas. Até mesmo a lei que Deus deu ao seu povo para guiá-los em seus caminhos deu a Satanás base para suas acusações, visto que ninguém poderia guardar toda a lei sem pecar. (Jó 1: 7; Romanos 3:20.)

No entanto, quando Jesus veio à Terra como homem, Ele nunca pecou - nem mesmo uma vez! (1 Pedro 2:22; Hebreus 4:15.) A morte não tinha poder sobre ele, porque o salário do pecado é a morte e só pode ter influência sobre quem cometeu o pecado. (Romanos 5:12; Romanos 6:23.) Jesus abriu caminho por meio de sua carne pelo poder do Espírito Santo e venceu completamente o pecado na carne em todos os pontos. Ao morrer na cruz, ele pagou o preço por nós e abriu um caminho para que também possamos segui-lo. Sua ressurreição dos mortos demonstrou seu triunfo eterno sobre Satanás, o pecado e a morte. Jesus agora se tornou um advogado para aqueles que desejam segui-lo da mesma maneira através da carne!

Então a guerra estourou no céu

Por causa do enorme sacrifício de Jesus e seu triunfo sobre Satanás, não havia mais lugar para o acusador no céu. Portanto, uma guerra eclodiu no céu. O arcanjo Miguel e seus anjos lutaram contra Satanás e seus seguidores. Agora não havia espaço ou razão para divisão no céu - era um dia de decisão! Agora Deus poderia lançar Satanás na terra, junto com aqueles anjos que o seguiram e se rebelaram contra Deus. (Apocalipse 12: 7-9.)

Este evento aconteceu há muito tempo, mas ainda tem um grande significado para nós hoje. A batalha entre o orgulho e a humildade é o fio que percorre a história de toda a humanidade.

Satanás ainda está ativo na terra hoje, assim como todos os anjos que foram expulsos do céu. Eles são o que a Bíblia chama de hostes espirituais da maldade, e sua missão é destruir o maior número possível de vidas. (Efésios 6:12; João 10:10; 1 Pedro 5: 8.) Eles fazem isso usando a única ferramenta que entendem - o orgulho, que é o egoísmo; vivendo para mim acima de tudo. Por natureza, somos levados a buscar nossos próprios interesses. Satanás é mestre em usar aquilo que nos atrai - nossas fraquezas - para tentar nos convencer de que seremos felizes quando conseguirmos o que queremos. Ele até tenta nos convencer de que nossas ações serão justificadas se conseguirmos nossos “direitos”, mesmo que tenhamos de ferir ou destruir outras pessoas no processo.

Mas enquanto houver pessoas na terra que amam a Deus acima de tudo, Satanás não pode ser completamente vitorioso. E aqueles que ainda resistem a Satanás têm uma arma tremenda para usar contra ele. Satanás e seus anfitriões estão cheios de um espírito de orgulho. Eles não têm absolutamente nenhuma compreensão do valor de ser humilde!

O poder da humildade

"De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que,...achado na forma de homem,...humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente e lhe deu um nome que é sobre todo o nome," Filipenses 2:8-9

Jesus sempre se humilhou! Em Filipenses 2: 2-3 lemos claramente como ele viveu sua vida mostrando misericórdia, sendo cheio de amor, não fazendo nada por ambição egoísta ou vaidade, e considerando os outros melhores do que a si mesmo. Ele nos deixou um exemplo claro de como usar nosso corpo para agradar a Deus.

Não é natural que nos humilhemos porque todos fomos maculados pelo egoísmo até certo ponto. Mas lemos na palavra de Deus que se nos humilharmos sob sua mão poderosa, Deus também nos dará graça e nos exaltará no tempo devido. (1 Pedro 5: 5-6) Jesus nos mostrou que quando nos comprometemos a descer, reconhecer nosso pecado e pedir ajuda a Deus, é assim que nos tornamos grandes! Ele veio como um servo e se tornou nosso Salvador com um nome acima de qualquer nome. Ele nos mostrou que, quando nos comprometemos a obedecer a Deus às custas de tudo, Deus nos recompensa de maneira justa e rica por nossa fidelidade! Isso é extremamente poderoso, porque essa atitude de se humilhar é completamente contrária à altivez de Satanás.

Escolha o lado vencedor!

Nesta grande batalha que está sendo travada entre Satanás (orgulho) e Jesus (humildade), todos nós podemos escolher de que lado estaremos. Podemos usar nosso corpo para servir a Deus ou para servir a Satanás e suas hostes. Portanto, as escolhas que fazemos em nossas situações diárias realmente têm um significado eterno! Está escrito na Bíblia que o Espírito Santo e a carne são contrários um ao outro. (Gálatas 5:17) As concupiscências em nossa carne, que Satanás usa para nos tentar, querem que vivamos para nós mesmos. (Tiago 1:14) Em espírito de orgulho, nossa carne afirma que sabe o que é melhor e que Deus é uma mentira.

No entanto, o Espírito nos incita a fazer a vontade de Deus - negar nossos próprios desejos e viver para ele. Ele trabalha em nós para abandonar nossos desejos egoístas e fazer sacrifícios para abençoar os outros. Ele nos leva a ir contra nossos sentimentos e a fazer o que sabemos ser certo. Ele nos exorta a nos humilharmos e a deixarmos Deus nos libertar do egoísmo e do pecado. Então, passo a passo, nos libertamos de todo o orgulho que habita em nós.

As escolhas que fazemos em nossas circunstâncias - tanto as simples e cotidianas quanto as grandes e difíceis - têm um enorme significado nesta grande batalha entre o orgulho e a humildade! Se formos fiéis em continuar descendo, então seremos exemplos de pessoas que estão caminhando da mesma forma que Jesus - o caminho da humildade. Que muitos optem por este caminho nesta grande batalha!

Escritura retirada da New King James Version®, a menos que especificado de outra forma. Copyright © 1982 por Thomas Nelson. Usado com permissão. Todos os direitos reservados.