Arrependimento e perdão dos pecados

O primeiro passo para a salvação e uma vida significativa.

Escrito por Kari Sundmark
Arrependimento e perdão dos pecados

Você já se encontrou quase que inconscientemente orando por ajuda? Isso geralmente acontece quando você está passando por uma experiência difícil. No entanto, se você está cansado de si mesmo e do tipo de vida que você está vivendo, você se torna mais consciente do fato de que você realmente precisa orar!

Jesus ensinou a Seus discípulos que eles deveriam orar a Deus pedindo perdão por coisas que haviam feito de errado, e Ele deixou claro que receber perdão dependia deles perdoar os outros. Eles deveriam orar assim, “E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;.” Você pode ler a oração inteira em Mateus 6:9-13.

Arrependimento e reconhecimento

Quando a sua consciência está perturbada, é Deus quem está trabalhando e você percebe que é necessário orar pelo perdão. Talvez você descubra que escolheu o caminho errado em uma das encruzilhadas da vida, e gostaria de poder fazê-lo novamente. Você entende que o que você fez foi errado. O apóstolo Pedro uma vez disse às pessoas que perceberam que haviam errado, “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados.” Atos 3:19. Quando você está genuinamente arrependido, sente a necessidade de perdão de Deus e das pessoas. Segundo a Bíblia: “O que encobre as suas transgressões nunca prosperará.” Provérbios 28:13. Quando você esconde seu pecado e não está disposto a reconhecê-lo, você não pode ser perdoado. Então você não tem alegria. O apóstolo João escreves, “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” 1 João 1:9. Você não experimentará essa alegria até confessar seus pecados!

A base do perdão

Antes de Jesus viver na terra, o Sumo Sacerdote oferecia um sacrifício uma vez por ano por todos os pecados do povo. As pessoas receberam perdão; entretanto, esses sacrifícios não foram capazes de ajudar as pessoas a manter uma consciência limpa. Embora o sacrifício tenha dado perdão às pessoas, ele não tinha o poder de tirar o mal que existe na natureza humana. Esse mal é o que os levou a pecar. Portanto, o sacrifício tinha que ser colocado no altar repetidamente, ano após ano.

Jesus morreu pelo povo; Ele deu a vida como sacrifício de uma vez por todas. Na carta aos Hebreus, capítulos 9 e 10, você pode ler mais sobre a base do perdão. Depois que Jesus ressuscitou dos mortos, receber perdão assumiu um novo significado! É possível que você rejeite aquelas coisas que sobrecarregam sua consciência. Quando você vai a Deus e pede perdão, você é libertado da culpa porque Jesus assumiu a culpa. Portanto, você pode confiantemente pedir perdão pelos pecados que cometeu, e você experimentará que Deus “lançarás todos os seus pecados nas profundezas do mar.,” como está escrito na Bíblia. (Miquéias 7:19)

Por que o perdão dos pecados é tão importante?

Deus quer mostrar o Seu amor para com você, dando-lhe a oportunidade de esquecer tudo no passado e começar com uma lousa limpa. Ao oferecer Sua vida como sacrifício, Jesus abriu um caminho que não era acessível antes. Você pode andar por este caminho! Você também pode oferecer sua vida como um sacrifício. Você faz isso lutando contra o mal – o pecado – que habita em sua natureza humana e negando a si mesmo através do poder do Espírito Santo. O perdão dos pecados é o ponto de partida e, à medida que você continua no caminho, você pode receber ajuda para viver com uma consciência limpa, seguindo o exemplo de Jesus para “tomar a sua cruz diariamente”. (Lucas 9:23)

A nova vida

Ao andar por esse novo e vivo caminho, você se torna cada vez mais grato. Você começa a pensar de maneira diferente! Já não culpa os outros por suas dificuldades. Se você foi injusto no passado, agora deseja ser justo. Você quer fazer a vontade de Deus. Você quer fazer o que é melhor para os outros. Isso é porque você recebeu uma nova mente. A alegria que resulta de receber essa nova mente começa a caracterizar você. Algo está se desenvolvendo dentro de você, e Deus abre sua mente para esta nova vida para que você possa se tornar “uma nova criação!”

Um ramo na videira

Receber o perdão dos pecados é dizer “sim” para ser enxertado como um ramo na videira que é Jesus. Jesus diz, “como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto.” João 15:4-5. Jesus quer que você dê frutos. Em uma árvore, a seiva flui da videira para os ramos.

Quando você se torna um ramo na videira de Jesus Cristo, você recebe poder em sua vida. Então sua vida se tornará significativa e interessante!


Você pode estar interessado em ler mais em nosso arquivo sobre o perdão dos pecados, ou assistindo a série de vídeos abaixo:

/m%C3%ADdia/perdao-pecado-o-amor-de-jesus-por-nos-e-uma-lousa-limpa-1-3

/m%C3%ADdia/perdao-condicoes-colheita-gratidao-e-amor-2-3

/m%C3%ADdia/perdao-graca-em-dobro-nova-criacao-e-eternidade-3-3

 

Baixar e-book grátis

O que significa ser cristão

Escrito por Elias Aslaksen

ser um cristão é uma vida muito mais profunda do que simplesmente pedir para Jesus entrar em teu coração e acreditar no perdão dos pecados. É uma vida de desenvolvimento e crescimento nas coisas de Cristo. Este livreto apresenta os fundamentos de uma vida cristã muito clara e simplesmente.