O que é a consciência? Como lidar com sentimentos de culpa?

O que é a consciência ?

Todos nós temos um sentido inato para o que é certo e errado, uma “voz interior” que avalia todos os nossos pensamentos, palavras e ações. Essa “voz interior” é chamada de consciência, e me dá informações se algo é moralmente certo ou errado.

No entanto, minha consciência não é algo constante, que nunca muda. É formada e desenvolvida pelo meu ambiente, experiências e compreensão. Portanto, a consciência é diferente em cada ser humano, e não pode ser usada para ter a “palavra final”.

Uma consciência limpa

No entanto, ter uma consciência limpa é o requisito mínimo para ter paz com Deus. Nunca devo, sob nenhuma circunstância, agir contra a minha consciência, porque isso é o mesmo que deliberadamente cometer pecado. Uma consciência limpa significa que estou vivendo perfeitamente de acordo com a luz (o entendimento) que tenho.

Se eu conscientemente cometi pecado, eu devo pedir a Deus, e se necessário, as pessoas pelo perdão. Meus negócios devem ser postos em ordem antes que eu possa fazer qualquer progresso na minha vida espiritual.

Uma consciência hipersensível

É comum que as pessoas continuem se sentindo culpadas mesmo depois de terem recebido o perdão do pecado. Satanás, o acusador, pode continuar a acusar-me sobre o pecado passado, ou porque eu sou tentado. Então eu devo resistir a ele na fé e encaminhá-lo para Jesus que limpou minha culpa. Eu também tenho que me afastar do pecado para estar livre de sentimentos de culpa.

Posso também me sentir culpado por causa de uma consciência hipersensível e fraca que me acusa de todos os tipos de coisas que realmente não dizem respeito ao serviço de Deus. Eu posso estar muito preocupado com coisas exteriores que eu considero estar certas ou erradas, sem encontrar a vontade de Deus. Isso também pode me levar a julgar os outros ou interferir em seus negócios, quando eles podem estar agindo com uma consciência perfeitamente limpa de acordo com o entendimento que eles têm. Da mesma forma, eu posso me sentir culpado por causa da opinião dos outros sobre o que eu fiz ou disse. Satanás, o acusador, tenta usar essa oportunidade para me desesperar sobre mim mesmo ou começar a acusar os outros.

Se minha mente é servir a Deus, Ele pode me ajudar nesta área, para que minha consciência seja guiada na direção certa. A Palavra de Deus tem diretrizes claras sobre o que Sua vontade realmente é, e eu posso orar para que o Espírito Santo, o Ajudador, me guie e me dê uma compreensão mais clara.

Uma consciência danificada

Se eu me endurecer em uma ou mais áreas em minha vida, e deliberadamente agir contra a minha consciência uma e outra vez, eu posso acabar com uma consciência danificada. Por desobediência repetida, a consciência é “desligada” nessas áreas, com o resultado que eu posso fazer o que eu realmente sei que é errado, sem mais me sentir culpado em minha consciência. É claro que esta é uma condição extremamente perigosa – o salário do pecado não mudou mesmo se eu não reconhecer mais a culpa.

No entanto, se eu me arrependo inteiramente e começar a servir a Deus e fazer Sua vontade, o Espírito Santo pode me mostrar essas áreas também. Eu devo então fazer exame de uma batalha resistente de encontro a este pecado e pôr meus casos em ordem. Está escrito que eu devo colher o que semeei, e esta “colheita” pode ser dolorosa e difícil de suportar, mas pela obediência e resistência posso ser curado.

Minha salvação e uma consciência em desenvolvimento

Paulo escreveu que não sabia nada contra si mesmo, mas que só isso não o justificava. (1 Coríntios 4: 4) Ou seja, ele tinha uma consciência limpa, mas ainda sabia que havia áreas em sua vida que não eram perfeitas na luz de Deus. Era necessário mais do que uma consciência limpa para ser completamente salvo.

Se eu quiser fazer a vontade de Deus, o Espírito Santo me iluminará sobre as áreas de minha vida onde minha consciência não é sensível o suficiente para reagir. O Espírito me mostrará o pecado que habita em minha carne (minha natureza humana), e esta é uma área muito maior do que meramente o pecado que é visível. Se eu sou obediente ao Espírito e Sua orientação, minha consciência também irá desenvolver-se e cobrir uma área maior.

1

O que é pecado?

Sabemos que todos nós somos pecadores e precisamos ser salvos do nosso pecado. Mas qual é a definição de pecado?

Ler mais
2

Perdão dos pecados

O perdão dos pecados é um dos maiores dons possíveis. É o início da vida cristã, um dos resultados da obra de Jesus. O que implica o perdão dos pecados, como o recebemos e o que acontece depois?

Ler mais
3

O que é a consciência? Como lidar com sentimentos de culpa?

Como posso saber com certeza o que é certo e errado? O que eu faço com esses sentimentos de culpa?

Ler mais
4

Qual é a diferença entre ter pecado e cometer pecado?

João escreve que todos temos pecado, mas que aqueles que cometem pecado não viram Deus nem o conhecem. (1 João 1: 8; 1 João 3: 6). Qual é a diferença?

Ler mais
5

Qual é a diferença entre a tentação e o pecado?

Existe realmente alguma diferença entre a tentação e o pecado?

Ler mais
6

Como posso vencer o pecado?

A Palavra de Deus fala sobre ser “mais do que vencedores” sobre o pecado. Mas como?

Ler mais