Este site usa cookies para reconhecer visitas repetidas e preferências, para fornecer recursos de mídia social e para analisar o tráfego. Ao clicar em “Aceito” ou ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies e com nossos Termos de Uso.
A lei do Espírito nos liberta da lei do pecado e da morte

A lei do Espírito nos liberta da lei do pecado e da morte

Ser libertado da lei do pecado e da morte é um processo gradual e não pode, ao contrário do perdão dos pecados, acontecer em um momento.

3 minutos ·

A lei do pecado e da morte opera em nossos membros. A lei do Espírito, que dá vida em Cristo Jesus, me libertou da lei do pecado e da morte. (Romanos 7: 21-23; Romanos 8: 2.)

A luz da lei não podia brilhar no corpo e iluminar o lugar onde se esconde a lei do pecado e da morte, porque a luz da lei era apenas para os pecados externos, que eram fruto da lei interna do pecado e da morte.

O que era impossível para a lei, Deus fez enviando Seu Filho como oferta pelo pecado; Ele condenou o pecado na carne. (Romanos 8: 3.)

O julgamento de Deus sobre o pecado de nossos membros agora foi cumprido em Cristo Jesus. O reino dos céus agora está dentro de nós, e o Espírito de Cristo irá, por meio de nossa obediência, abrir um caminho para áreas anteriormente desconhecidas em nosso corpo - ou seja, para aqueles lugares onde a lei do pecado e da morte está ativa. À medida que o Espírito de Deus progride por meio da água e do sangue (a morte de Cristo em nossa carne), Ele é capaz de destruir gradualmente a lei do pecado e da morte. Ele pode fazer isso porque a lei que o Espírito possui torna nosso espírito humano, que antes era limitado pela lei do pecado e da morte, vivo.

A lei do pecado e a lei da morte são duas leis distintas, e cada uma trabalha à sua maneira. A lei do pecado impõe constantemente suas exigências à nossa consciência. Se nos rendermos a essas exigências, a lei do pecado levará sua presa à lei da morte. Enquanto a lei do pecado governar uma pessoa - antes que ela seja entregue à lei da morte - a consciência está desperta e o Espírito convence essa pessoa do pecado. No entanto, ao pecar repetidamente, a lei da morte silencia a consciência e a pessoa peca sem nenhum sentimento de culpa. A lei do pecado leva os ímpios ainda mais a um território desconhecido. A pessoa peca ali, e a lei da morte continua a trabalhar para destruir a consciência para que, no final, a pessoa seja morta em ofensas e pecados.

A lei do Espírito funciona de maneira oposta. Ele lança sua luz sobre o pecado que uma pessoa cometeu anteriormente sem ficar com a consciência pesada. Ele tira o pecado da mão de ferro da lei da morte, e o traz à luz da consciência. Nós concordamos com o Espírito de Deus, julgamos o pecado e cessamos com ele. (Gálatas 5: 16-18; 1 Pedro 4: 1.) Na próxima vez que um novo pecado for trazido à nossa consciência, ele também receberá o julgamento e o processo continuará. Desta forma, somos vivificados. Este é um processo gradual e não pode, ao contrário do perdão dos pecados, ocorrer em um momento.

A vida é séria. Nós mesmos determinamos nossa própria salvação ou condenação. Deus estabeleceu leis para tudo e não se afasta delas, porque não faz acepção de pessoas.

Nós, que vivemos, estamos continuamente entregues à morte de Cristo, para que a vida de Cristo se manifeste em nossa carne mortal. (2 Coríntios 4: 10-11.)

Este artigo foi traduzido do inglês e foi publicado pela primeira vez no periódico Tesouros Escondidos (Skjulte Skatter), em junho de 1914

© Copyright Stiftelsen Skjulte Skatters Forlag | ActiveChristianity

Escritura retirada da New King James Version®, a menos que especificado de outra forma. Copyright © 1982 por Thomas Nelson. Usado com permissão. Todos os direitos reservados.